Notícias

Confissões retornam na missão Shalom de João Pessoa

Confissões de segunda e sexta das 17h às 17h30 no CEV da Torre

“É maravilhoso pensar que temos um sacramento que cura as chagas da nossa alma”¹, essa é uma singela tradução do sacramento da confissão. O momento onde o coração está arrependido, ainda menor e sedento da misericórdia de Deus. Diante das realidades impostas pela pandemia esse sacramento tornou-se distante de muitos, mas, pela graça de Deus, a confissão retorna aos pouco para saciar a sede. 

O Shalom retornou com as confissões?

Sim, no Centro de Evangelização da Torre na segunda e na sexta (17h às 17h30).

Como faço para agendar e chegar ao Shalom?

Basta CLICAR AQUI e você agendará o dia escolhido. Toda sexta-feira à noite as novas vagas serão abertas para a próxima semana. E o nosso endereço é o seguinte: Av. Dom Pedro II, 2600 – Torre, João Pessoa – PB.

Como se preparar para realizar uma boa confissão?

É preciso que exista o reconhecimento dos seus pecados seguido de um arrependimento concreto do seu coração por ter ferido a Deus. Para ajudar nesse processo encontra-se a seguir perguntas que lhe auxiliará a identificar quais são as suas faltas desde a última confissão. Ao responder cada pergunta você pode escrever em um papel os seus pecados e levá-lo para a confissão. 

Ruptura com Deus:

  • Amo na verdade a Deus com todo meu coração ou vivo mais apegado às coisas materiais?
  • Preocupei-me por renovar minha fé cristã através da oração, a participação ativa e atenta da missa dominical, à leitura da Palavra de Deus? Guardo os domingos e dias de festa da Igreja? Cumpri com o preceito anual da confissão e com a comunhão pascal?
  • Tenho uma relação de confiança e amizade com Deus, ou cumpro somente ritos externos?
    Professei sempre, com vigor e sem temores minha fé em Deus? manifestei minha condição de cristão na vida pública e privada?
  • Ofereço ao Senhor meus trabalhos e alegrias? Recorro a Ele constantemente, ou só o busco quando o necessito?
  • Tenho reverência e amor para o nome de Deus ou lhe ofendo com blasfêmias, falsos juramentos ou usando o Seu nome em vão?

Ruptura comigo mesmo:

  • Sou soberbo e vaidoso? Considero-me superior a outros?
  • Procuro aparentar algo que não sou para ser valorizado por outros? Aceito a mim mesmo, ou vivo na mentira e no engano? Sou escravo de meus complexos?
  • Que uso tenho feito do tempo e dos talentos que Deus me deu? Me esforço por superar os vícios e as inclinações más, como a preguiça, a avareza, a gula, a bebida, a droga?
  • Caí na luxúria com palavras ou pensamentos impuros, com desejos ou ações impuras?
    Realizei leituras ou assisti a espetáculos que reduzem a sexualidade a um mero objeto de prazer?
  • Caí na masturbação ou a fornicação? Cometi adultério?
  • Recorri a métodos artificiais para o controle da natalidade?

Ruptura com os irmãos e com a criação:

  • Amo de coração o meu próximo como a mim mesmo e como o Senhor Jesus me pede que o ame?
  • Em minha família, colaboro em criar um clima de reconciliação com paciência e espírito de serviço?
  • Foram os filhos obedientes a seus pais, prestando-lhes respeito e ajuda em todo momento?
  • Preocupam-se os pais em educar na vida cristã seus filhos?
  • Abusei de meus irmãos mais fracos, usando-os para meus fins?
  • Insultei meu próximo? Escandalizei-o gravemente com palavras ou com ações?
  • Se me ofenderam, sei perdoar, ou guardo rancor e desejo de vingança?
  • Compartilho meus bens e meu tempo com os mais pobres, ou sou egoísta e indiferente à dor dos outros? Participo das obras de evangelização e promoção humana da Igreja?
  • Me Preocupo com o bem e a prosperidade da comunidade humana em que vivo ou passo a vida preocupado tão somente comigo mesmo? Cumpri com meus deveres cívicos? Paguei meus tributos?
  • Sou invejoso? Sou fofoqueiro e enganador? Difamei ou caluniei alguém? Violei segredos? Fiz julgamentos temerários sobre outros?
  • Sou mentiroso?
  • Causei algum dano físico ou moral a outros? Inimizei-me com ódios, ofensas ou brigas com ao meu próximo? Fui violento?
  • Procurei ou induzi o aborto?
  • Fui honesto em meu trabalho? Usei corretamente a criação ou abusei dela para fins egoístas? Roubei? Fui justo na relação com meus subordinados tratando-os como eu gostaria de ser tratado por eles? Participei do negócio ou consumo de droga? Caí na fraude ou no estelionato?
  • Recebi dinheiro ilícito?

     

Soberba / Humildade:

  • Fui humilde ao pensar, comparei-me com outros, tratei de chamar a atenção com minha sabedoria, meu físico, etc.? Reconheço-me pequeno? Desprezo os outros em meu coração?
  • Me ressenti pelo trato ou posto recebido? Qual é a motivação das minhas aspirações?
  • Distinguo entre o que é doutrina e o que é minha opinião? Sou prudente ao dar minha opinião? Acredito que é a única? Acredito que sem minha presença as coisas não vão bem?
  • Sei distinguir o que é minha missão ou me intrometo no que não me corresponde?
  • Reconheço que não tenho razão de me glorificar, mas sim em Cristo? De que forma minhas ações estão misturadas com orgulho, vaidade e egoísmo?
  • Reconheço os meus enganos e peço perdão?
  • Posso ajudar sem mandar?

Avareza / Generosidade:

  • Estou apegado às coisas?
  • Sacrifico tempo, dinheiro, para servir segundo o plano de Deus?
  • Jogo com o dinheiro com a ambição de ganhar mais?

Luxúria / Castidade:

  • Tenho consumido conteúdo pornográfico pela internet ou por outros meios?
  • Tenho buscado prazer pessoal com a masturbação?
  • Tenho tido pensamentos impuros em relação às outras pessoas?
  • Uso roupas provocativas/sensuais?
  • Faço o uso de substâncias que tiram o meu autodomínio e o meu pudor?

Ira / Paciência:

  • Sei lidar com as cruzes, doenças, com problemas nas relações, no trabalho, etc?
  • Perco a paz ou manifesto mau humor quando as coisas não estão como eu espero?
  • Jogo a culpa nas minhas circunstâncias e nunca assumo os meus próprios erros?

Gula / Moderação:

  • Como mais do que o necessário? Faço jejum?
  • Estou viciado em álcool ou drogas?

Inveja / Caridade:

  • Sinto ciúmes por talentos ou conquistas dos outros, ou me alegro quando eles melhoram?
  • Busco ajudar os outros em suas necessidades ou me fecho em meu egoísmo?

Preguiça / Diligência:

  • Sou atento a cumprir meus deveres?
  • O que faço para edificar a minha família/comunidade?
  • Sou rápido em servir mesmo que não tenho vontade?
  • “Descanso” mais do que necessário?
  • Deixo sempre as coisas para mais tarde?

As missas presenciais também retornaram no Centro de Evangelização da Torre, confira aqui os horários, dias e agendamentos.

¹São João Maria Vianney.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *