Formação

Corpus Christi: Solenidade da transubstanciação

Este dia, diz respeito à reverência, adoração, louvor e ação de graças à Jesus Eucarístico.

comshalom

Corpus Christi é uma expressão de origem latim que significa o “corpo de Cristo”. Trata-se de uma solenidade que celebra o milagre da transubstanciação, na qual se crê que a substância do pão e do vinho são transformadas no Corpo e Sangue de Jesus.

A Transubstanciação ocorre durante a Santa Missa quando o sacerdote ministerial (Padre ou Bispo) realiza o Sacrifício Eucarístico fazendo as vezes de Cristo (in persona Christi), repetindo as palavras ditas por Jesus na última ceia: Isto é o Meu Corpo… Este é o cálice de Meu Sangue.

A festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV, em 8 de setembro de 1264 quando chegou ao Papa a informação de que a freira Juliana de Mont Cornillon, da diocese de Liège, na Bélgica, recebia visões de Jesus lhe pedindo uma festa litúrgica anual em honra a Sagrada Eucaristia.

Outro episódio ocorrido, foi quando o padre Pedro de Praga da República Tcheca, celebrou uma missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, e nesta celebração foi presenciado um milagre. Segundo relatos, ao levantar a hóstia sagrada (representação do corpo de Cristo) começaram a cair gotas de sangue. Dizem ainda que isso aconteceu porque o padre não acreditava na presença real de Cristo na Eucaristia.

O Papa Urbano, ao saber do acontecimento, ordenou que o bispo Giacomo levasse os objetos utilizados pelo padre Pedro para uma cidade próxima de Bolsena, em Orvieto, local onde residia. O trajeto realizado para carregar as relíquias foi feito em procissão e o Papa, que aguardava a chegada, as recebeu com as seguintes palavras: “Corpus Christi”.

No Brasil, a procissão de Corpus Christi foi trazida pelos portugueses no período colonial e dos momentos mais bonitos que marca a festa de Corpus Christi é a procissão eucarística. A tradição de decoração das ruas começou na cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais.

Essa demonstração de fé é trilhada pelo sacerdote nas ruas, onde o Santíssimo Sacramento e a procissão representam a trajetória de Jesus a caminho do Monte das Oliveiras, onde passou suas últimas noites antes de ser preso e crucificado.

A solenidade não tem data fixa no calendário, pois ela ocorre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, que, por sua vez, acontece no domingo seguinte ao de Pentecostes.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.