Institucional

Cursos formam jovens e famílias

comshalom
Os cursos para jovens e famílias tomam conta a programação do Reviver neste domingo.
Voltados para aqueles que já fizeram o Seminário de Vida no Espírito Santo. o público foi dividido em grupos de jovens e casais.

Para a juventude o tema proposto foi: Meu corpo, lugar onde Deus habita, abrangendo o tema da Teologia do Corpo.
Lembrando que a iniciativa destes pensamentos e catequeses vieram do Beato João Paulo II, que começou a discutir sobre tais questões, logo no início de seu papado, após começar a observar sobre o cuidado que cada um deve ter com seu corpo. Porque a partir do momento que cada um descobre que foi criado para amar, aprende a não encerrar-se em si mesmo, e a se fechar no orgulho. Já que a partir de Cristo, a humanidade entra na trindade santa, e ela é sacralizada.
Foi lembrado também da maneira de agir com os irmãos, pois aí também, Deus quer se manifestar. Por todos serem presença de Deus na Terra, o nosso relacionamento com o outro, é da mesma forma que queremos nos expressar à Ele. Assim uma pergunta final ecoou no coração de muitos: “Será que eu tenho noção que meu toque, e meu abraço podem curar uma pessoa? Será que eu sei que se eu der um sorriso, naquele mesmo dia em que não quero sorrir, posso curar a mim e a outra pessoa?” Por nos expressarmos com o corpo, devemos agir de forma cristã, para evangelizarmos sem palavras, apenas por meio de nossas expressões.
Para famílias

O que é ser maduro? A pergunta pode gerar como resposta nomes de pessoas bem sucedidas. Mas esta não é a referência correta. Segundo o missionário Paulo César, no curso Maturidade e Espiritualidade na Família, maduro é quem reconhece suas fragilidades, limites, não decide pelas emoções, não vive para si e tem coragem.

De acordo com ele, o mundo aponta pessoas “bem resolvidas”, com altos salários e bons cargos, com controle e independência na vida como “os maduros”. Mas, diz ele, dentro de casa, está a dependência afetiva e a ansiedade. “O mundo ensina buscar vantagens, comodidade e prazer para si”, diz.
Os verdadeiros discípulos são aqueles que fazem a vontade de Deus, como diz Mateus 7,21-27: Nem todo aquele que me diz “Senhor, Senhor’, entrará no Reino do Céu. Só entrará aquele que põe em prática a vontade do meu Pai, que está no céu. Naquele dia muitos me dirão: “Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos tantos milagres?’. Então, eu vou declarar a eles: Jamais conheci vocês. Afastem-se de mim, malfeitores! Portanto, quem ouve essas minhas palavras e as põe em prática, é como o homem prudente que construiu sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, mas a casa não caiu, porque fora construída sobre a rocha. Por outro lado, quem ouve essas minhas palavras e não as põe em prática, é como o homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia.  Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, e a casa caiu, e a sua ruína foi completa!”.
Alicerçar a vida em Deus é ter coragem de enfrentar a ansiedade, humilhações em nome de Jesus.
1625618_729879793711606_1569377114_n

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *