Institucional

“Dar tudo pelo TUDO!”

Shalom! Meu nome é Clayton Fernandes Baldi, Sou Consagrado da Comunidade de Aliança na missão de Guarulhos/São Paulo, tenho 34 anos de idade e fiz meus primeiros votos no Celibato pelo Reino dos Céus dia 26/01/2014.

Louvo a Deus pelo caminho que Ele me fez trilhar para chegar a esta vida feliz nos Celibato pelo Reino! Em 2009 comecei a namorar dentro da Comunidade, ela também é Consagrada até hoje. Um namoro muito santo, que foi realmente conduzido por Deus, abençoado pelas autoridades e todos viam com bons olhos esse namoro. Como se espera de um namoro depois de 02 anos iniciamos um discernimento, entre nós, se era tempo de darmos passos para o noivado, e nos colocamos em oração. Tínhamos guardado certa quantia de dinheiro e queríamos saber de Deus se era tempo de procurar uma casa para comprarmos, e lembro-me muito bem que a resposta de Deus na oração foi que Ele nos surpreenderia. E realmente o fomos!

Deus, com Seu Amor e Sua mão afetuosa, iniciou a Sua intervenção para que Sua Vontade Santíssima fosse manifestada, pois era o nosso maior desejo: fazer a Vontade de Deus. Lembro-me que fui questionado ousadamente (e bendita ousadia) pela minha formadora comunitária sobre o processo de discernimento do estado de vida, que ela não via sinais reais do matrimônio em minha vida, e me pediu para rezar sobre isso. Diante deste pedido me pus em oração e o Senhor começou a me mostrar o que realmente se passava em meu coração. Percebi o quanto meu coração tinha prioridades fora do namoro, eu percebi o quanto meu coração deseja se ofertar de uma forma intensa, inteira, se consumir, e isso colocava minhas prioridades em me dar por inteiro a todos. Fui percebendo, com muito mais clareza, o quanto tenho a graça da paternidade espiritual, a ponto de dar prioridade maior para acompanhar, rezar, por um filho espiritual que me pedisse auxílio do que ter mais tempo para o namoro, tempo que deve ser realmente dedicado.

Então fui percebendo que meu coração não consegue dar prioridade a uma pessoa, mas quer acolher a todos, se dar a todos, ser pai de todos! Então iniciamos o processo de término do namoro, que fizemos também com nossas autoridades. Um processo difícil, porém necessário para que a Vontade de Deus se cumprisse.

Algo que também percebi neste tempo foram os sinais do celibato em minha história, concretamente. Fui me lembrando de fatos da minha infância, adolescência, valores que não foram me passados pelos meus pais, mas que eu trazia. Valores de castidade, valores de sempre ajudar, de dedicação ao outro. Valores que me foram dados por Deus, pois percebi claramente que fiz os votos no Celibato pelo Reino dos Céus em 2014, porém sou celibatário há 34 anos!!! Recebi formações do que é o Celibato pelo Reino, mas o chamado, o estado de vida me fora dado desde que Deus sonhou com minha concepção.

Posso dizer que no meu celibato se cumpriu efetivamente a promessa de Mateus 19,29: E todo aquele que por minha causa deixar irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos, terras ou casa receberá o cêntuplo e possuirá a vida eterna. Eu realmente deixei, por amor a Deus, a paternidade biológica para acolher a paternidade espiritual, a fecundidade máxima que nossos Estatutos aponta para os celibatários pelo Reino, para acolher cem vezes mais filhos espirituais, de forma que não imaginaria receber.

Sou feliz e posso afirmar: para quem é chamado a esse estado de vida não há caminho mais feliz e fecundo a se seguir. Há os desafios de ser celibatário sendo Aliança, com certeza, mas realmente somos para o mundo um sinal escatológico. Muitos se escandalizam, mas é real que diante de um celibatário pelo Reino todas as pessoas reagirão, positiva ou negativamente, mas se inquietarão com esse sinal que Deus basta e assim viveremos na eternidade.

 

Deus abençoe,

Shalom


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *