Oração

De onde vem o título mariano Nossa Senhora do Ó?

Vale lembrar que essa devoção surgiu em Toledo, na Espanha, e remonta à época do X Concílio, que estipulou que a festa da Anunciação fosse transferida para 18 de dezembro.

comshalom

No dia 18 de dezembro, a Igreja celebra a festa da Expectação do parto de Nossa Senhora, que ficou conhecida entre o povo por Nossa Senhora do Ó. A Virgem Maria ganhou esse título devido às antífonas rezadas nesses dias que antecedem o Natal do Senhor.

Em todas, há a interjeição exclamativa Ó. Por exemplo: “Ó Sabedoria… vinde ensinar-nos o caminho da salvação”; “Ó rebento da Raiz de Jessé… vinde libertar-nos, não tardeis mais”; “Ó Emanuel…, vinde salvar-nos, Senhor nosso Deus”.

Vale lembrar que essa devoção surgiu em Toledo, na Espanha, e remonta à época do X Concílio, que estipulou que a festa da Anunciação fosse transferida para 18 de dezembro. Em alguns lugares ainda hoje essa festa é celebrada, como por exemplo da Arquidiocese de Braga.

Sete antífonas rezadas para Nossa Senhora do Ó

  1. Ò Sabedoria que procedestes dos lábios do Altíssimo, atingido de um fim a outro, dispondo tudo forte e suavemente.

  2. Ó Adonai, Chefe da Casa de Israel, que aparecestes no fogo da sarça ardente, e que no monte Sinai destes a Lei: Vinde-nos remir com a força de vosso braço!

  3. Ó raiz de Jessé, que sois como o estandarte dos povos, diante do qual os reis emudecem e a quem os gentios imploram: Vinde para nos livrar, não tardeis mais!

  4. Ó Chave de Davi, cetro da Casa de Israel, que abris e ninguém pode abrir: Vinde e tirai do cárcere o prisioneiro que jaz nas trevas.

  5. Ó Sol nascente, sol de justiça, esplendor de luz eterna: Vinde e iluminai os que estão mergulhados nas sombras da morte!

  6. Ó rei dos gentios, ó desejado, pedra angular que unis judeus e pagãos: Vinde e salvai o homem que formastes com o limo da terra!

  7. Ó Emanuel, nossa Rei e Legislador, esperança e salvação dos gentios: Vinde para nos remir!

Oração a Nossa Senhora da Expectação do Parto

Ó Maria Santíssima, vós, por um privilégio especial de Deus, fostes isenta da mancha do pecado original, e devido a este privilégio não sofrestes os incômodos da maternidade, nem ao tempo da gravidez e nem no parto; mas compreendeis perfeitamente as angústias e aflições das pobres mães que esperam um filho, especialmente nas incertezas do sucesso ou insucesso do parto. Olhai para mim, vossa serva, que, na aproximação do parto, sofro angústias e incertezas. Dai-me a graça de ter um parto feliz. Fazei que meu bebê nasça com saúde, forte e perfeito. Eu vos prometo orientar meu filho sempre pelo caminho certo, o caminho que o vosso Filho, Jesus, traçou para todos os homens, o caminho do bem. Virgem, Mãe do Menino Jesus, agora me sinto mais calma e mais tranquila porque já sinto a vossa maternal proteção.

Nossa Senhora, rogai por mim!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *