Institucional

Deus me ensinou que a Sua obra só pode ser construída se houver despojamento de mentalidade

comshalom

ppSou Wigna, Discípula da Comunidade Aliança, Graduada em Psicologia. Estou no Shalom há pouco mais de 8 anos e há 1 ano e meio faço parte do Setor da Providência da missão de Natal. Quando falo da Providência Divina gosto sempre de lembrar do que nos fala nossos Estatutos: “ A Comunidade Shalom vive da Providência Divina. A Providência Divina é a fonte de todo sustento e desenvolvimento dos meios necessários para a manutenção da Comunidade e de toda Obra de Evangelização.” Esse artigo é quase uma máxima!! Nos mostra que a Providência Divina rege todo nosso ser, que não há outra forma de nós existirmos se não for por ela e através dela.

Você pode estar pensando agora: Nossa que belo, que espiritual, que fascinante, Deus sempre os dá tudo. Sim!!! Sem dúvida Deus sempre nos dá tudo! Mas o que você pode não ter se atentado é que Deus nos dá tudo através do tudo de cada um. Através da oferta total, encarnada, dolorida, sacrificial até, mas que gera grande paz em nossos corações e transborda numa grande alegria. Sempre foi assim, desde nossos primórdios. Desde nossa fundação, a Providência de Deus regeu todas as coisas e continua a reger.

Um dia desses, fui pregar em um grupo de oração, que havia iniciado há pouco tempo, sobre este tema. Era meu dia de folga, semana antecessora há um concurso que iria prestar, mas senti que não poderia deixar de socorrer os irmãos. Falei de como a Providência se manifesta em nossa vida, mas falei também de como esta experiência real com a Providência existe desde o início da comunidade. Da forma como a oração e o trabalho estiveram sempre presentes e por isso, as portas da Providência estiveram sempre abertas. Quando acabei de contar nossa clássica história das panelas (você pode ler em nossos escritos), uma mulher levantou a mão e perguntou: Vocês estão precisando de impressora? Eu super constrangida, vendo um filme passar em minha mente, (pois realmente estávamos precisando da impressora), e com lágrimas nos olhos disse que sim. Então ela continuou: “Eu estou com uma impressora sobrando lá em casa, queria muito dá-la, só não sabia a quem. Passo na sala de vocês amanhã mesmo e deixo lá.” Agradeci a Deus na mesma hora. Fui falar da Providência e eu que fui surpreendida por ela.

Passaram-se alguns dias e fiquei reflexiva com este fato. Vi que de fato, quando rezamos pela providência, Deus toca nos corações dos homens sobre a nossa necessidade e faz chegar Sua Providência até nós. Deus me ensinou, mais uma vez, que a Sua obra só pode ser construída se houver “despojamento de mentalidade, de bens, de nossa própria vida”.

Que você também possa se arriscar nessa doce experiência que é depender em tudo de Deus, Shalom!!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *