Institucional

Dom Orani convida jovens a viverem sua missão em santidade

comshalom

A santidade é a grande vocação de todos. Os que tiveram uma experiência com Deus precisam anunciá-la, sendo missionários em qualquer lugar, segundo Dom Orani, arcebispo do Rio de Janeiro. Ele presidiu a celebração eucarística neste domingo, 3, durante o Dia Nacional da Juventude (DNJ) que aconteceu na Catedral Metropolitana. O tema do encontro deste ano é “Juventude e missão” e o lema: “Jovem levante-se, seja fermento”.
A missionariedade surge de uma experiência com o amor de Deus e precisa ser testemunhada, de acordo com Dom Orani. “Quem é discípulo de Jesus, não tem como não viver uma vida de missionário”, destacou. De acordo com ele, é preciso estar em missão em todos os tempos e lugares. “Ser missionário não é algo que eu coloco e tiro como uma roupa, mas é como o sangue que corre nas minhas veias e me faz ser missionário sempre, em qualquer momento”.DSC_0074
O arcebispo do Rio de Janeiro lembrou a experiência da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013) em que os jovens brasileiros e de todo o mundo deram exemplo de união, paz, acolhimento e tiveram uma forte experiência com o amor de Deus. “O principal é que vocês tiveram uma experiência de como nós devemos viver em santidade”, completou. O arcebispo disse ainda que é preciso viver e testemunhar esta fé com o seu carisma específico.

Vocação do cristão
A santidade, de acordo com Dom Orani, é a vocação de todo o cristão. Como filhos de Deus, somos chamados a caminhar para ele, sendo lavados no sangue de Cristo. “A santidade leva as pessoas a viverem uma nova vida, uma vida de comunhão. Somos chamados a ser santos hoje”, disse.
Os jovens também são chamados a viver um tempo novo, sendo protagonistas e anunciando o Evangelho com seu jeito de viver. “Nosso jeito de ser revolucionários, amando o inimigo, respondendo com amor, faz com que as coisas se transformem”, destacou. O arcebispo disse ainda que é preciso aprender a dialogar com a cidade e com as diversas expressões de carismas dentro da Igreja.

Sobre o DNJ
O Dia Nacional da Juventude começou a ser celebrado a partir de 1985 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A partir do ano de 2011, foi criada a Coordenação Nacional de Jovens, que passou a ser responsável pela organização do evento.
A organização do DNJ é feita pelos grupos, movimentos e novas comunidades, além das pastorais da juventude, que possuem ações em prol da evangelização dos jovens.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *