Notícias

Difusão de Ribeirão Preto (SP) promove Live sobre a campanha do setembro amarelo

Rafael Melo de Souza, psicólogo e missionário da comunidade de aliança fala sobre a prevenção ao suicídio e da importância da valorização da vida.

comshalom

Você sabia que a campanha setembro amarelo faz memória sobre a importância da terapia psicológica, e o quão necessário é se abrir e compartilhar o que sente?

Setembro Amarelo

Desde 2003, a campanha setembro amarelo surgiu através da Organização Mundial de Saúde (OMS), com o objetivo instituir o dia 10 de setembro como o dia mundial de prevenção ao suicídio.

Essa data surgiu com a finalidade de dar mais visibilidade à causa, além de conscientizar todos sobre os aumentos de vítimas, pois o suicídio é considerado o mal do século por ser uma das principais causa de morte.

Pensando nisso, a Difusão de Ribeirão Preto (SP) irá promover uma Live no Instagram com o Rafael Melo de Souza, psicólogo, missionário da Comunidade de Aliança que está se especializando em logoterapia, para falar o quão necessário é buscar por um suporte profissional quando preciso.

Juntos contra o suicídio

Sobre a campanha setembro amarelo, o psicólogo explica que “essa data foi estabelecida para focar na prevenção contra o suicídio, mas principalmente no acompanhamento psicológico pelas pessoas que sofrem com depressão, pois essa doença é um dos principais motivos de tentar calar o caos vivenciado dentro de si.” 

Rafael comenta que o suicídio ocorre principalmente por pacientes que são depressivos, que possuem algum transtorno psicológico, problemas familiares ou com drogas.

Ele partilha que vem sendo questionado em como lidar com uma pessoa que sofre com depressão. E segundo ele “a melhor forma de lidar com aqueles que sofrem com essa doença é deixar claro que ela não é a doença, mas que no momento ela se encontra doente. Que é extremamente importante demonstrar a esses pacientes que eles não estão só, que existem outras vidas que se importam com ela e de que estarão ali para o que for preciso” 

Por isso, a campanha do setembro amarelo surgiu a fim de mostrar que a vida é bela, e de que nada nos roube a vontade de viver.

O psicólogo afirma que “as pessoas que possuem um gatilho para cometer suicídio, ou que já tentaram contra a própria vida mas não tiveram êxito é de extrema importante que busquem realizar um acompanhamento profissional qualificado para assim reconhecer a beleza da vida.”

Ele afirma “além dos profissionais, é preciso que os familiares e amigos mais próximos demonstrem interesse na vida da pessoa”, pois, essa é uma forma de mostrar que desistir da vida não é uma solução, pois existem outros que se preocupam com eles, e de que eles não estarão sozinhos.

Buscando o sentido da vida!

O entrevistado menciona também que está se especializando em logoterapia e de que essa área é importante, pois ela visa mostrar para os pacientes que a solução do problema não vai se dar por meio do silêncio, ou seja, da sua morte, pois os problemas continuarão existindo.

Ah, mas você deve estar se questionando: “Não sei o tamanho da dor e angústia dessa pessoa para chegar a cometer tal ato”. Exatamente! Não sabemos, mas o profissional frisa que não podemos simplesmente cruzar os braços e deixar com que tantas vidas se percam facilmente sem ao menos lutar.

Momento de reflexão!

O missionário ainda mencionou que como cristão ele vê a vida como um percurso, como se fosse uma pista que possui o mesmo ponto de partida e chegada, pois quando o indivíduo possui uma religião, ela será menos propensa a cometer ou tentar se suicidar.

Desse modo, o entrevistado afirma que quando nós tivermos um ponto de chegada, buscaremos fazer de tudo para alcançá-lo. Ele ainda menciona que não importa se estamos passando por uma depressão, “noite escura da alma”, ou “deserto”, que assim como vários santos e profetas que já sofreram com incertezas, medos e vontade de desistir é preciso persistir e focar que existe um ponto de chegada a ser alcançado.

Testemunho de evangelização

 “Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos (Atos 17, 28)”

Como psicólogo, cristão e missionário da Comunidade de Aliança, Rafael dá testemunho de que “Diariamente eu me volto ao Senhor, e sei que não quero voltar para ele de mãos vazias, por isso todos os dias busco uma nova tentativa de amar e me decidir por Deus, a meus irmãos, ao carisma e a sua vida.”  

Serviço

Live – Campanha Setembro Amarelo

IMAGEM: Freepik

Quando: 11 de setembro 2021

Onde:  @shalomribeiraopreto às 19h30

Gabrieli Capelozza


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *