Formação

Dois Corações, e uma única decisão: o amor

O Coração de Jesus quer que, a seu lado, se venere o Coração de Maria

comshalom

Quando lemos os escritos dos santos ou analisamos textos e passagens das Escrituras Sagradas, tanto do Antigo quanto do Novo Testamento, podemos ver que há um órgão do corpo humano cujo simbolismo é sempre muito explorado. Que órgão é esse? Nada mais, nada menos, que o coração. Veja só esses belos e significativos exemplos:

“Guarda o teu coração com toda a vigilância, pois dele dependem os limites da vida” (Pv 4,23).

“O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau tira coisas más do seu mau tesouro, porque a boca fala daquilo de que o coração está cheio. (Lc 6,45-47).

“Quando chegaram a Jesus, tendo visto que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; mas um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água” (Jo 19,34).

“Onde está o teu tesouro, aí está o teu coração” (Mt 6,21).

Quis introduzir assim, para que possamos mergulhar com inteireza de alma no espírito dessas duas grandes celebrações, por meio das quais a Igreja anima seus fiéis a celebrar com amor e piedade, a Solenidade do Coração Adorado, Divino e humano de Jesus, o Shalom do Pai entre nós, e no dia seguinte, a festa do Imaculado Coração materno e fiel de Maria, a cheia de graça.

Qual foi a maior decisão desses dois corações? Quais foram suas motivações e estímulos para agir? Sem mais delongas, deixarei à sua disposição algumas passagens do Evangelho onde você mesmo possa ler e mergulhar, de forma meditativa e oracional. Assim, você poderá sondar, ainda que às apalpadelas, os anseios profundos e santos desses dois corações.

Decisões do Coração de Maria

“Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38).

“Maria disse: ‘A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor” (Lc 1,46,49).

“Maria guardava todas estas coisas e meditava em seu coração” ( Lc 2,41-51).

“Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5).

Decisões do Coração de Jesus

“Pois eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, mas a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade do Pai, o qual me enviou: que Eu não perca nenhum de todos os que Ele me deu, mas que Eu os ressuscite no último dia” (Jo 6,38-39).

“Seguindo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: ‘Ó meu Pai, se possível for, passa de mim este cálice! Contudo, não seja como eu desejo, mas sim como Tu queres” (Mt 26,39).

Esperamos que, através do Sagrado Coração de Jesus e do Imaculado Coração de Maria, cada um de nós aprenda a amar e a decidir-se pela vontade do Pai.

Que Deus abençoe a todos!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *