Notícias

É tempo de abrir as portas e as telas para que a Sagrada Família possa entrar em cada casa

Hoje, a Sagrada Família bate não só nas portas das casas, mas nas telas de cada smartphone, de cada computador e de cada televisão. Tudo isso para oferecer uma profunda experiência com o Natal do Senhor.

comshalom

Se, em Belém, há milhares de anos, não foi fácil encontrar um lugar para que José e Maria, grávida de Jesus, passassem a noite, imagina nos dias atuais em que a humanidade atravessa uma desafiante pandemia. Hoje, a Sagrada Família bate não só nas portas das casas, mas nas telas de cada smartphone, de cada computador e de cada televisão. Tudo isso para oferecer uma profunda experiência com o Natal do Senhor.

Como canal desse movimento de graça, a Comunidade Católica Shalom realiza o Natal da Paz, evento que busca resgatar o propósito desse período tão importante para a Igreja. Na apresentação deste sábado (19), a Sagrada Família, por meio da música, da dança e do teatro, visitou milhares de expectadores. O vídeo da transmissão ao vivo já conta com cerca de 10 mil visualizações. Muito mais do que uma apresentação, a entrada da Sagrada Família no palco do Natal da Paz foi um momento de oração.

“A celebração do Natal do Senhor é a festa da alegria, do céu que encontra a terra, do eterno que encontra o humano… A Sagrada Família de Nazaré está no nosso meio, o menino Deus é a nossa esperança”, rezou Daniel Albuquerque, consagrado da Comunidade de Aliança Shalom. Ao lado do missionário, estava Padre Silvio Scopel, que também conduziu esse momento de intercessão por todas as famílias, em especial por aquelas que acompanhavam a transmissão.

Assista à entrada da Sagrada Família

Programação de domingo

No domingo (20), após a celebração eucarística, que abre o Natal da Paz, o grupo Entretons promete encantar o público com seu repertório especial de Natal e, em seguida, o espetáculo Filho de Deus Menino Meu chega para emocionar o público com a uma linda adaptação do nascimento de Jesus.

O espetáculo Filho de Deus Menino Meu é inspirado no livro homônimo escrito por Emmir Nogueira, cofundadora da Comunidade Católica Shalom. “Um livro sobre a partilha da beleza que é a nossa pobre humanidade, sobre a nossa história. É também um tributo de muito respeito, reverência e imensa gratidão a José e a Maria pelo seu “sim”, que tanto envolveu sua humanidade com todas as consequências de felicidade, sacrifício e santificação.”


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *