Formação

Ele está próximo…

comshalom

Dom Nelson Westrupp

Alegremo-nos! Vamos ao encontro do “Maravilhoso Conselheiro, do Príncipe da Paz” (Is 9,5), do Redentor que se aproxima.

Estão-secompletando os dias (cf. Lc 2,6) daquele bendito e santo Nascimento quereviveremos nos mistérios da Noite Santa do Natal. Torne-se nossavigilância mais intensa e nossa oração mais confiante.

Todosos anos somos convidados a resgatar o sentido pleno do Natal de Jesus,para vivê-lo como cristãos e cristãs, fugindo à mentalidade cada vezmais paganizada de nossa época. Nãonos deixemos infectar ou contaminar pelo vírus do consumismo e domaterialismo. Infelizmente, antes mesmo de iniciarmos o tempo litúrgicodo Advento, enfeites natalinos e a voracidade consumista invadem nossasruas, lojas e até nossos corações. Com isso, o Natal cristão vai-setransformando em simples recordação do nascimento de nosso Salvador.

Nãoobstante a mentalidade semipaganizada do Natal, a festa da Criança deBelém é um dom de luz que rasga e rompe as trevas da humanidade,prisioneira do pecado, incapaz de amar. O Natal do Senhor abre-nos auma incontida alegria, de que ninguém sai ileso. A liturgia cristã ésignificado de festa,  porque “Deus está conosco”. Ondehá vida, há alegria. A alegria causada pela vinda do Salvador éportadora de paz e de esperança.

Diantedo presépio, ficamos tomados de ternura e exultação a contemplarenlevados o mistério de vida que encerra o amor infinito de JesusSalvador. Por isso, vamos às pressas a Belém para ver o recém-nascidodeitado na manjedoura (cf. Lc 2,15-16). Não fiquemos trancados em casa,prisioneiros de nossas trevas e negativismos. Vamos! Guiados pelaEstrela, vamos com o coração alegre e feliz! Lá há uma Luzresplandecente que nos faz transcender o que vemos com os olhos dacarne. Sim, os olhos da mente abrem os caminhos do coração, quepermitem apreender e acolher a Verdade que nos liberta de todo mal. ALuz de Belém empenhar-nos-á em viver na liberdade e na dignidade defilhos e filhas de Deus. Fará com que abandonemos a noite do pecado,abrindo-nos para a graça da Vida nova, iluminados pela “Luz verdadeira,que vindo ao mundo, a todos ilumina” (Jo 1,9). A alegria completa nasceda Luz que resplandece num coração transparente, que não teme aescuridão da falsidade. Não se trata de uma alegria frenética causadapela droga, pelos paraísos artificiais e enganosos, pela embriaguezmomentânea… Trata-se da embriaguez do Espírito que regenera e renova,trazendo paz e serenidade ao coração humano.

Estamosbem próximos da chegada do Deus Menino. Ninguém falte ao encontromarcado com Ele. A incomensurável distância percorrida por Deus parachegar até nós é razão suficiente para corrermos ao Seu encontro esentirmos “que coisa é o ser humano, para dele te lembrares e ovisitares” (Sl 8,5).

Naproximidade do Natal, não há motivo para angústias e temores. Fazendoespaço para Jesus nascer, o Natal será ocasião única para um encontrovivo, amigo e pessoal com Ele. Acolhamos Jesus Cristo, “concebido porobra do Espírito Santo, nascido da Virgem Maria”. Acolher o Filho deMaria significa mostrá-Lo vivo, transparente em nós, visibilizando em nosso jeito de ser a Sua amabilidade, a Sua ternura, a Sua bondade e o Seu amor.

Aos queridos Diocesanos e Diocesanas, um Natal feliz e santo, para que o Novo Ano seja alegre e repleto de muita paz no Senhor.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *