Institucional

Papa aos Movimentos: frescor do carisma, liberdade e comunhão

comshalom

O Papa Francisco recebeu, na manhã deste sábado, na Sala Clementina, 350 participantes no III Congresso mundial dos Movimentos eclesiais e das Novas Comunidades, que, em seus dois dias de trabalhos, de 20 a 22, em Roma, aprofundaram o tema: “A alegria do Evangelho, uma alegria missionária”.

papa.congresso

Aos participantes do encontro, promovido pelo Pontifício Conselho para os Leigos, que dedicaram particular atenção a dois elementos principais da vida cristã, a conversão e a missão, intimamente interligados, o Papa explicou que, “sem uma autêntica conversão do coração e da mente não se pode anunciar o Evangelho. E, se não nos abrirmos à missão não é possível a conversão e a fé, por sua vez, se torna estéril.

Por isso, o Pontífice indicou algumas diretrizes para o caminho de fé e de vida eclesial dos Movimentos e das Novas Comunidades: o frescor do carisma, o acolhimento e o acompanhamento e a comunhão.

O carisma é necessário para a sobrevivência de um Instituto, mas as estruturas externas devem garantir a ação do Espírito Santo. A novidade das experiências das Comunidades não consiste apenas em métodos e em formas, mas a disposição de responder, com renovado entusiasmo, ao chamado do Senhor. Se forem apenas ideológicos, correm o risco de sufocar o próprio carisma. Eis porque é preciso voltar sempre às fontes dos carismas e reencontrar o impulso para enfrentar os desafios de hoje.

A segunda indicação do Papa diz respeito ao modo de acolher e acompanhar os homens do nosso tempo, em particular os jovens. De fato, o homem de hoje passa por sérios problemas de identidade e tem dificuldade de fazer as próprias escolhas. Por isso, o Bispo de Roma frisou que é preciso resistir a tentação de substituir a liberdade humana. Por outro lado, a educação cristã requer um acompanhamento paciente da pessoa; a paciência é o único meio que leva a amar realmente o homem, levando-o a uma relação pessoal sincera com o Senhor.

Enfim, a terceira linha mestra, para um caminho de fé e de vida eclesial das Novas Comunidades e Movimentos eclesiais, deve ser a comunhão, o dom mais precioso e o sigilo do Espírito Santo. A unidade, disse o Bispo de Roma, deve prevalecer sobre o conflito. A comunhão, em união com a jerarquia católica, consiste em enfrentar, juntos e unidos, as questões mais importantes, como a vida, a família, a paz, a luta contra a pobreza, a liberdade religiosa e a educação. Por fim, o Santo Padre resumiu estas três diretrizes:

Papa:    “Per raggiungere la maturità ecclesiale…”.

“Para atingir a maturidade eclesial, portanto, vocês devem manter o frescor do carisma, respeitar a liberdade das pessoas e buscar sempre a comunhão. Porém, jamais esqueçam que, para atingir esta meta, a conversão deve ser missionária: a força para superar as tentações e as insuficiências, vem da profunda alegria do Evangelho, que está à base de todos os carismas”.

A nossa verdadeira missão em âmbito eclesial, concluiu o Papa, é a própria participação na missão de Cristo, que nos precede e nos acompanha na evangelização!    Papa.Rylko

Cristiano Pinheiro, Assistente Internacional da Comunidade Católica Shalom, destacou também que o Santo Padre motivou as Comunidades a manterem uma constante postura de “conversão e missão”, estando sempre “em movimento”, e não paradas em si mesmas.

O Fundador e a Co-Fundadora da Comunidade, Moysés Azevedo e Maria Emmir Nogueira, na ocasião, puderam saudar pessoalmente o Papa Francisco, assim como alguns outros fundadores, presidentes e moderadores de outras realidades eclesiais.

 Assistência Internacional Shalom com informações da Rádio Vaticano 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *