Notícias

Enem Digital 2020: inscrições começam nesta segunda-feira

Pela primeira vez, alunos podem optar entre realizar as provas no papel ou no computador

jovem estudando

Começam nesta segunda-feira, (11), as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Pela primeira vez, no ato de inscrição, os candidatos poderão escolher entre realizar as provas no papel, ou no computador. Aproximadamente 100 mil  candidatos poderão fazer o Exame em computadores disponibilizados nos locais escolhidos pelo Ministério da Educação. A lista das cidades nas quais será possível fazer o Enem Digital está disponível no edital do Exame. 

As edições do Enem impresso e digital serão realizadas em datas diferentes (sempre em dois domingos seguidos), mas seguem a mesma estrutura composta por quatro provas objetivas com 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Na inscrição, o candidato opta por inglês ou espanhol como língua estrangeira da sua prova.

Datas Enem 2020

Inscrição para o Enem 2020: 11 a 22 de maio;

Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio;

Divulgação do cartão de confirmação da inscrição: outubro de 2020;

Enem impresso: 1° e 8 de novembro;

Enem digital: 22 e 29 de novembro;

Publicação dos gabaritos do Enem impresso: 11 de novembro;

Publicação dos gabaritos do Enem digital: 2 de dezembro;

Divulgação dos resultados individuais: janeiro de 2021.

Taxa de Inscrição

O valor da taxa de inscrição do Enem 2020 é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio. Neste ano, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Enem, todos os participantes que se enquadrarem nos perfis especificados no edital do Enem terão a isenção da taxa, mesmo sem ter feito o pedido formal.  

Quem tem direito a isenção isenção de taxa? 

Quem está cursando a última série do ensino médio este ano, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica; tenha feito todo o ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e tenha renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio

Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Na Página do Participante, no aplicativo ou no site do Enem, é possível conferir todas as informações sobre a inscrição e realização do Enem.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *