Igreja

Entenda por que o Papa escolheu o verbo “escutar” para o Dia Mundial das Comunicações 2022

A seguir, você confere cinco dos muitos motivos que o Papa apresenta em sua mensagem para explorar, neste ano, o verbo “escutar”.

comshalom

O Dia Mundial das Comunicações é comemorado em 31 de maio. Entretanto, o Santo Padre Papa Francisco envia, a cada ano, uma mensagem especial para celebrar a data sempre já no mês de janeiro. Neste ano, em sua mensagem, o Pontífice resolveu destacar o verbo “escutar”, dando continuidade ao que falou nos últimos anos sobre os verbos “ir” e “ver”. 

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

A seguir, você confere cinco dos muitos motivos que o Papa apresenta em sua mensagem para explorar, neste ano, o verbo “escutar”. O principal ponto, vale ressaltar desde já, diz respeito ao escutar não só com os ouvidos, mas com o coração.

1 – O verbo “escutar” é decisivo na gramática da comunicação e condição para um autêntico diálogo.

2 – Há um desejo ilimitado em cada homem e em cada mulher de ser ouvido, de ser escutado.

3 – A escuta requer sempre a virtude da paciência, juntamente com a capacidade de se deixar surpreender pela verdade.

4 – A capacidade de escutar a sociedade é ainda mais preciosa neste tempo ferido pela longa pandemia.

5 – A verdadeira comunicação acontece a partir da escuta não só com os ouvidos, mas com o coração.

Papa Francisco sobre o Dia Mundial das Comunicações

“A escuta é o primeiro e indispensável ingrediente do diálogo e da boa comunicação. Não se comunica se primeiro não se escutou, nem se faz bom jornalismo sem a capacidade de escutar. Para fornecer uma informação sólida, equilibrada e completa, é necessário ter escutado prolongadamente. Para narrar um acontecimento ou descrever uma realidade numa reportagem, é essencial ter sabido escutar, prontos mesmo a mudar de ideia, a modificar as próprias hipóteses iniciais.”

Clique e leia a mensagem 56º Dia Mundial das Comunicações


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.