Institucional

Escola de Evangelização conclui atividades em Curitiba

comshalom
Missionários da Comunidade Católica Shalom enviados no mês de maio para a Escola de Evangelização em Curitiba. Foto 1: com o responsável local Jorge Wagner. Foto 2: Com o arcebispo Dom José Antonio Peruzzo

Abertura de portas. A expressão usada pelo padre Luiz Persegani para definir o legado da Escola de Evangelização São Filipe Néri, da Comunidade Católica Shalom, na paróquia Nossa Senhora do Rocío faz lembrar o pedido do Papa Francisco para toda a Igreja. Neste mês de dezembro, a Escola conclui suas atividades em Curitiba, após sete meses de atuação. Mas a missão continua e o testemunho permanece porque tem raízes no que é eterno: O Reino de Deus.

A primeira Escola foi realizada em Fortaleza, em 2005, a partir de uma inspiração do fundador do Shalom, Moysés Azevedo. Desde então, tem sido formada em várias cidades do Brasil. Seus integrantes vivem manhãs de oração e tardes de apostolado, cujo foco é a evangelização porta a porta nas ruas da área pastoral da paróquia onde estão. Em Curitiba, nove missionários compunham a escola, quatro deles são “jovens em missão”.

“Jovem em missão” é uma experiência de envio missionário destinada a jovens que desejam se dedicar exclusivamente ao serviço à Igreja, na evangelização da humanidade, no período de seis meses a um ano. Na Escola, eles eram acompanhados e formados por missionários mais experientes e uma consagrada da Comunidade de Vida Shalom.

De portas abertas, Igreja em saída

“Destaco em primeiro lugar uma promoção de mentalidade ou uma abertura de coração também a novas formas de se viver a mesma fé em Jesus Cristo. Por muito tempo essa paróquia esteve de portas fechadas ao novo. E quando nós nos fechamos ao novo, nós nos fechamos ao Espírito Santo, que é aquele que renova todas as coisas em nome do Senhor Jesus”, afirma padre Luiz, a respeito da passagem da escola pela paróquia de que é responsável. Várias pessoas evangelizadas pelos missionários estiveram presentes à missa de encerramento, na segunda-feira, 12, dia Nossa Senhora de Guadalupe.

Para o responsável local da Comunidade Shalom em Curitiba, Jorge Wagner dos Santos, a Escola foi um grande sinal da graça divina, e ainda mais por ter desenvolvido suas atividades no Ano Santo da Misericórdia. “O povo aqui construído vai sendo com certeza parte da Obra, parte da Comunidade, da missão. Então, a escola de evangelização foi e é um lugar de graça, de descoberta da ação de Deus, da implementação do esforço em vista da humanidade e de não paralisar-se em suas fraquezas, mas um lançar-se no coração do homem necessitado da evangelização”, disse.

Com a conclusão da Escola, os missionários foram integrados à casa comunitária que serve no Shalom de Curitiba – livraria e café, que está localizado na rua José Rietmeyer 366, bairro Guabirotuba. Abrimos de segunda a sábado, de 14h às 22h, e aos domingos de 16h às 21h. Realizamos grupos de oração, oração e aconselhamento, adoração ao Santíssimo Sacramento em nossa capela e celebramos a Santa Missa aos sábados e domingos. Visite-nos.

Emanuele Sales


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *