Mundo

Estudo comprova que quem tem amigos é mais feliz

Será que a amizade é mesmo capaz de nos fazer mais felizes do que ter um bom emprego, ser feliz na carreira ou conseguir aquela tão almejada segurança financeira? A resposta é SIM!

A gente sabe que os amigos são a família que escolhemos ter, e que estar perto deles nos faz mais felizes e completos. Essa é uma das coisas que aprendemos sem que ninguém precise nos dizer – nós apenas sentimos que estar cercados daquelas pessoas tão especiais nos dá uma sensação de que a vida vale mesmo a pena.

Mas será que a amizade é mesmo capaz de nos fazer mais felizes do que ter um bom emprego, ser feliz na carreira ou conseguir aquela tão almejada segurança financeira? A resposta é SIM!

Uma pesquisa feita na Universidade de Harvard, em Boston, investigou durante 75 anos (isso mesmo, você não leu errado) qual o segredo da felicidade. O estudo foi feito com mais de 700 pessoas divididas em dois grupos formados por estudantes de Harvard e moradores das cidades vizinhas a Boston. Além das pessoas selecionadas, as famílias dos participantes também foram monitoradas em entrevistas realizadas a cada dois anos, exames médicos e experiências de interação com outras pessoas.

Pesquisa comprovou o poder do afeto

O psiquiatra Robert Waldinger, um dos diretores do estudo, teve acesso a dados sobre a verdadeira felicidade e a sensação de satisfação. No TED “Do que é feita uma vida boa?”, ele lançou a pergunta “Se você hoje fosse investir no seu melhor ‘eu’ futuro, no que você colocaria seu tempo e energia”? A resposta nos dá, sim, razões para acreditar ainda mais no poder do afeto, já que ela não tem nada a ver com dinheiro, carreira ou status: são as relações pessoais.

Do ponto de vista da psicologia, se socializar é fundamental para nos mantermos saudáveis e felizes. “É muito importante a busca e a manutenção da amizade. Somos seres sociais, não nascemos para viver isolados”, diz a psicóloga especialista em psicologia clínica e hospitalar Thabata Fonseca.

Dentre as pessoas avaliadas no estudo, quem criou laços com outras pessoas viveu mais – e viveu melhor. O afeto compartilhado é o maior sucesso que alguém pode ter. Investir em amigos, família e amores é o melhor que você pode fazer por si mesmo (depois, é claro, de investir em você e no seu bem estar).

Fonte: Aleteia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *