Sem Categoria

Eterna é a Sua Misericórdia

Percebi nesse ano que Deus foi me empurrando pra eu ser mais o que Ele quer, apesar de ser um vaso de argila rachado, mas com ânsias de deixar um rastro de luz, de amor…

comshalom

E me joguei naquele chão! Lado esquerdo da capela do Shalom da Paz, bem perto do Santíssimo. Lembrei das tantas vezes, nos últimos 23 anos, que repeti o mesmo gesto. Melhor lugar para estar numa madrugada de terça feira. O arranjo de rosas exalava um perfume doce, que a despeito de não ser mais tão fresco e viçoso, era um perfume forte, que me fez refletir que quando o corpo estiver murcho, ainda assim, o perfume da gratidão possa ser sentido pelos que se aproximarem de nós. Mas eu deveria estar falando sobre o Ano da Misericórdia…

É que aquela vigília e o Ano Jubilar Extraordinário se encaixam perfeitamente. Ao longo desse ano de graças, fui testemunhando na vida dos irmãos, na minha própria, na vida da Comunidade e da Igreja, as robustas e copiosas bênçãos de Deus sobre nós: decisões vocacionais, concretização de estado de vida, conversões, reconciliações, projetos de vida executados…
Pessoalmente, posso enumerar alguns feitos de Deus neste último ano, que tiveram alcance muito maior do que a vista pode enxergar: ganhei a formação assistente de uma célula de postulantes que me alegrou desde o início, mas a Obra Nova de Deus na minha vida tem sido exponencialmente mais profunda e bela, me alcançando bem dentro, me questionando e iluminando. Deus na sua misericórdia, também me fez experimentar, em um img-20161119-wa0035momento bem doído, que é possível trilhar um caminho impensado, aberto por Ele: e um novo trabalho surgiu à minha frente. Percebi nesse ano que Deus foi me empurrando pra eu ser mais o que Ele quer, apesar de ser um vaso de argila rachado, mas com ânsias de deixar um rastro de luz, de amor… você também é assim, e a gente há de chegar lá!
Fui infiel nesse ano? Fui! Houve sim, metas que não consegui alcançar, mas Deus não deixou nunca de chover sobre mim. Quanto constrangimento! Como costumo dizer: “- Ele é assim!”
Como se não bastasse tudo isso, Deus ainda realizou um prodígio admirável, que foi ter levado meu pai à confissão depois de 47 anos. Depois de muita intercessão e catequese meu pai disse que não podia perder a oportunidade de “ficar perto do Homem lá de cima”. E confessou de joelhos. Eu não sabia se ria ou chorava, perplexa com o que Ele é capaz! É, Ele é assim! img-20161119-wa0034
Naquela vigília, então, eu pensava na bondade de Deus, nesse ano que conclamou os pecadores para junto do Seu Coração, mas também lembrava que essa misericórdia, desde a criação do mundo, se expressa na vida do homem, que hoje está à mesa para nós, que pode ouvida por nossos ouvidos, recebida nos sacramentos e experimentada no Cristo que vive e ama em cada irmão. Passei, então, a agradecer porque há 23 anos o amor de Cristo entrou e mudou a minha vida, e  porque o tempo da misericórdia não acabara, nem poderia, porque  afinal: “Eterna é a Sua Misericórdia”.
Umbelina Helena

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Show Belzinha o Senhor é incrível é fantástico. É o pai das misericórdias! Que graça seu pai ter se reconciliado com o Senhor…. bendito seja Deus!!!!! E que com seu novo projeto você obtenha sucesso e mais alegria. Um forte abraço! Deus abençoe Shalom!!!!