Institucional

Eu sempre tive sede de algo que fosse eterno

Em um certo momento da minha vida foi inevitável pensar sobre o que eu realmente vim fazer no mundo, e acredito que isso passe na cabeça de todas as pessoas, principalmente na cabeça de quem é jovem. Pois é, me deparei com um turbilhão de pensamentos, sentimentos e obstáculos que, por algum tempo, me fizeram estar de olhos completamente fechados àquilo que realmente importava. Passei por lugares, sensações, momentos e pessoas que até me faziam feliz, mas feliz por um momento ou por um determinado tempo e o mais angustiante é que eu sempre tive sede de algo que fosse eterno, de algo que não passasse, que não terminasse depois de um momento… Custou muito para que eu encontrasse a felicidade que não é passageira, a felicidade que além de ser plena, é também eterna, uma felicidade que brota do coração, mas que ultrapassa todas as barreiras impostas.

Até hoje, não sei ao certo como encontrei a Comunidade Católica Shalom, só sei que no coração de Deus esse encontro já estava selado há muito tempo, desde a eternidade…

Como um bom estudante de direito (rs), gosto muito de ler e o meu primeiro contato com a Comunidade foi através de um dos livros da nossa cofundadora: “O segredo de Madalena – Itinerário do amor esponsal”, livro esse que me foi emprestado por um amigo e que depois da leitura, o meu coração tinha a necessidade, sim, a NECESSIDADE, de conhecer mais sobre esse tal de “amor esponsal”. Comecei a pesquisar sobre os autores do livro e me deparo com a Comunidade Shalom…

Depois disso, não preciso mais explicar nada, não é? Mas mesmo assim, vale muito a pena dizer: eu não poderia ter encontrado melhor forma de ser amigo de Deus, de ter a experiência de sair de mim, de ter a possibilidade de tudo doar e nada mais reter pra mim mesmo, se não fosse na Comunidade Shalom.

A minha vida mudou de uma forma extraordinária, e isso não significa que eu tenha tido apenas experiências surreais ou improváveis, mas experiências concretas e que me fizeram realmente decidir e escolher viver o que DEUS quer pra mim. Decidir pelo vocacional da Comunidade Shalom foi, e creio que sempre será, a minha melhor escolha, mesmo com todas as dificuldades que o caminho de uma vida consagrada apresenta, mesmo com as dores, mesmo com as quedas, eu sei que essa é a vontade de Deus pra minha vida e se Deus quer, eu também quero.

Hoje, vivo o momento da espera com o desejo de ingressar na comunidade para continuar, mais profundamente, a fazer aquilo que eu hoje já faço, que é ser o feliz terceiro, o mais feliz por fazer os outros felizes, o menor que pela graça de Deus testemunha um amor tão grande a todos aqueles que são esquecidos e que ainda não tiveram a dimensão de que existe sim alguém que nos ama INCONDICIONALMENTE, o mais realizado por estar na vontade suprema de Deus e, na certeza de que a minha oferta de vida não é sucesso, mas sim martírio, estou disposto a abraçar este chamado com todas as suas bençãos e renúncias. É aqui o meu lugar, por que Deus, primeiramente, assim o quis.

Venha fazer parte de uma alegria que não acaba JAMAIS. NÃO TENHA MEDO, VIDA MELHOR NÃO HÁ.
SHALOM!

Caio Rodrigues
Postulante da Comunidade de Aliança Shalom
Missão São Paulo (Perdizes)


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *