Shalom

Exaltação da Santa Cruz

“Prefiro morrer em Cristo Jesus a reinar de uma extremidade à outra da terra.”

comshalom

Celebramos hoje a Exaltação da Santa Cruz, Cristo crucificado e exaltado para a nossa salvação. Para muitos a Cruz pode representar dor e sofrimento, mas é na cruz que Jesus assina a liberdade de toda a humanidade, pois Ele venceu a morte e nos dá vida nova. A Santa Cruz é fonte de santidade e um símbolo da vitória de Jesus sobre o pecado e é na Cruz que provamos o maior sinal do amor de Deus. 

A festa em honra a Santa Cruz foi celebrada pela primeira vez em 335, por ocasião de dedicação de suas basílicas constantinianas de Jerusalém, a do Martyrium e a do Anástasis, isto é, da Ressurreição. A dedicação se realizou em 13 dezembro.

A celebração atual tem um significado bem maior que o lendário encontro pela piedosa mãe do imperador Constantino, Helena. A glorificação de Cristo passa através do suplicio da Cruz e a antítese sofrimento-glorificado se torna fundamental na história da Redenção.

Cristo encarnado na sua realidade concreta humano-divina, se submete voluntariamente a humilde condição de escravo. Assim a Cruz torna-se o símbolo e o compêndio da religião cristã.

A própria evangelização, feita pelos apóstolos é a simples apresentação de Cristo Crucificado. O Cristão, aceitando esta verdade, é crucificado com cristo, isto é, deve carregar diariamente a sua cruz, portando injurias e sofrimentos, como Cristo.

Esta é a razão que fez os mártires cristãos suportarem tão grandes sofrimentos: “A minha paixão está crucificada — escreve santo Inácio de Antioquia antes de sofrer o martírio — não existe mais em mim o fogo da carne. Agora começo a ser discípulo… Prefiro morrer em Cristo Jesus a reinar de uma extremidade à outra da terra. Procuro-o, ele que morreu por nós; quero-o, ele que ressuscitou por nós… Concedei-me que eu seja imitador da paixão do meu Deus”.

 

 “Viva Jesus! Viva a Santa Cruz!”


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *