Mundo

O êxito profissional não justifica o fracasso familiar

comshalom

Ricardo Padilla, membro do Conselho Latino-americano da Qualidade Humana e Responsabilidade Social e Presidente no México de Mater Unitatis, assegurou que “não há êxito profissional, que justifique um fracasso familiar”.

Em seu artigo titulado “Êxito empresarial… Fracasso familiar?”, Padilla reflete sobre “crescer, alcançar metas, qualidade, mercado, investimento… Sem dúvida estes elementos são necessários para conseguir um dos fins da Empresa: a geração de utilidades. Por que então, se cumpro com isso, não alcanço plena realização como pessoa? Acaso deixei de lado alguma outra questão?”.

O perito em responsabilidade social empresarial advertiu que “a medida do êxito, sabemos, caracterizou-se por seu materialismo e rapidez. A meta pareceria ser: ganhar a qualquer custo”.

“Então convertemos a pessoa em um meio, ou pior, vítima de um utilitarismo. A praxe empresarial se cobre de um eficientismo desumanizante”.

Padilla advertiu que ao tempo que “as jornadas de trabalho se alongam. A solidão ronda a aniquilação emocional. Proclamamos que a família é o principal, mas atuamos inversamente. Não há êxito profissional, que justifique um fracasso familiar”.

O Presidente do Mater Unitatis advertiu que “os empresários têm uma enorme responsabilidade social, e uma inegável e inerente necessidade de transcender”.

“Só somos plenamente felizes quando no caminho ao êxito levamos conosco os colaboradores e a família”, assinalou.

O êxito, ressaltou, “é um estado interior, que uma vez conquistado, podemos fazer com que participem os que nos rodeiam”.

“Empresa Responsável AC, a Norma CRESE, e o Certificado CRESE de Qualidade Humana e Responsabilidade Social, desafiam os paradigmas tradicionais da RSE. Podemos inclusive dizer que constituem uma ordem própria. Soma todos os elementos integrantes da síntese da vocação pessoal e empresarial”.

Padilla expressou sua confiança em que os empresários, durante o próximo Congresso Internacional Empresa Responsável, conhecerão uma responsabilidade social empresarial “totalmente nova, regenerada, um meio eficaz para ser pessoa em sentido pleno, encontrando as correspondências entre todos os fatores para que sejamos empresários bem-sucedidos, famílias robustecidas, e empresas que transcendem”.

O I Congresso Internacional Empresa Responsável se realizará nos dias 7 e 8 de novembro, no Del Rey Inn Hotel, em Toluca (México).

 

Fonte:aci


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *