Formação

Festa de Cristo Rei e dia dos cristãos leigos

comshalom

Dom José Luiz Bertanha


Noúltimo domingo do ano litúrgico, a Igreja comemora a Festa de CristoRei, que foi instituída pelo Papa Pio XI, 1925. – “Rei, reinar, reger”,vem de “rex, regere” (língua latina” = Rei, que é chefe de um país, deum povo), que procura “reger, dirigir,orientar para felicidade erealização do bem estar de todos.

OReino de Deus foi e será sempre a vitória sobre o pecado e a morte, quegarante a salvação da humanidade. Para Jesus, o poder é servir, dar avida. A riqueza torna-se misericórdia (acolhimento aos outros) e nesteReino não há súditos, mas irmãos(ãs) amados(as).

Somosconvocados para um encontro com Jesus Cristo vivo. Ele é nosso Rei,porque procuramos viver segundo seus ensinamentos, orientar o nossomodo de pensar, de falar, de julgar, de agir, de trabalhar e de viver.O Reino de Deus acontece onde Jesus é conhecido, acreditado, obedecidoe amado. Nele, Jesus é rei e reina, pois está apresente o amorverdadeiro. O Reino de Deus começa dentro do coração das pessoas ecresce na vida comunitária. Foi Jesus que disse: “o Reino de Deus estáno meio de vós!” (Lc.17,21)

 Nestedia, a Igreja no Brasil celebra também o Dia Nacional dos cristãosleigas e leigos. O Concílio Vaticano II resgatou seu papel fundamentalcomo membros povo de Deus e protagonistas da Evangelização e dapromoção humana. No documento de Aparecida, ficou expresso que osleigos e leigas são discípulos missionários, luz do mundo, onde querque se viva, trabalhe, reze e se divirta, ou seja, na família, naescola, na Igreja, na oficina, fábrica, escritórios, consultórios, nomundo da cultura, da comunicação, no mundo da política, no mundo dasciências, das artes, do trabalho e do sofrimento (Doc. Ap.210). Sãohomens e mulheres da Igreja no mundo e homens e mulheres do mundo naIgreja,”são chamados a participar na ação pastoral da Igreja, primeiro pelo testemunho de vida, na Sociedade fazendo com que ela seja mais justa e fraterna e anúncio do Reino definitivo. Em segundolugar com ações no campo da evangelização, da vida litúrgica e tantasoutras formas de apostolado, segundo as necessidades locais sob a guiade seus pastores” (Doc.Ap.211).  Esta atuação dos leigose leigas no trabalho evangelizador é fundamental, conforme nos ensina oPapa João Paulo II: “A Evangelização do Continente não pode realizar-sehoje sem a colaboração dos fiéis leigos.”(Exortação Ecclesia in América44). No exercício desta sua missão, “os leigos necessitam de uma sólidaformação doutrinal, pastoral, espiritual e sócio transformadora para darem testemunho de Jesus Cristo e dos valores do reino”. (Doc. Ap.212) 

Nestedia, queremos ressaltar a importância da organização dos leigos eleigas. Precisamos valorizar e incentivar os Conselhos de Leigos, sejano âmbito Nacional, Regional, assim como nas Igrejas Particulares, poissão instrumento válido, ativo e necessário para contribuir com a melhorcompreensão da vocação laical bem como sua missão no meio do mundo e nacomunidade eclesial.

Queremossaudar tantos leigos e leigas por todo o Brasil pelo imenso trabalho deser luz no mundo, pela participação nos diferentes campos de inserçãona Sociedade. Alegramo-nos com todos os que assumem a sua vocaçãobatismal e a dimensão eclesial da própria fé no exercício de umministério eclesial ou na presença transformadora e santificadora nomundo. De um modo especial,neste dia em que também encerramos  oAno Nacional da Catequese, queremos externar reconhecimento e gratidãopor tantos leigos, leigas catequistas, construtores do reino de Jesusna catequese de adultos, junto aos jovens e crianças.

Parabéns aos cristãos leigas e leigos pelo seu dia.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *