Shalom

Festa dos Arcanjos 2015 reuniu milhares de pessoas no CEU

comshalom

Superando o número de participantes a cada ano, a Festa dos Arcanjos reuniu milhares de pessoas no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). O evento foi realizado na última terça-feira, 29, e recebeu cerca de 50 caravanas de cidades do interior do estado, em sua 9ª edição em Fortaleza.

DSC_6026

O destaque este ano foi para a solidariedade. A Festa dos Arcanjos firmou uma parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce, que contou com um posto de coleta de sangue e cadastro de medula óssea.

Foram 124 candidatos à doação e 74 bolsas coletadas. Além disso, nove pessoas se cadastraram como possíveis doadores de medula óssea. A coordenadora da captação do Hemoce, Nágela Lima, lembrou que a Comunidade Shalom é parceira do Hemoce em muitos outros eventos, como o Festival Halleluya e o Retiro de Carnaval Renascer.

O ponto alto da programação foi a missa pelos enfermos presidida pelo missionário da Comunidade Shalom, Padre Antônio Furtado, às19h. As atividades começaram às 15h30 com o terço da misericórdia. Em seguida, o público acompanhou e vibrou com os shows da cantora católica Gabriela Carvalho e de Batista Lima.

Os participantes da Festa também puderam viver um momento de reconciliação com Deus por meio da confissão. Sete sacerdotes ministraram o sacramento da reconciliação para 129 fiéis. Houve ainda oração e aconselhamento.

Por Teresa Fernandes


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Quem invoca ou cultua anjos está rejeitando a autoridade e o senhorio de Jesus Cristo, que derramou o Seu sangue na cruz do Calvário para nos purificar de nossos pecados e é o único Mediador entre Deus e o homem (1 Timóteo 2.5). Além disso, quem cultua anjos, seguindo doutrinas de falsos mestres, demonstra, por meio de suas atitudes, que valoriza mais os ensinamentos humanos do que a Palavra de Deus.
    O problema é que muitas pessoas ficam impressionadas com a existência desses seres celestiais; ficam maravilhadas com o poder e as atividades angelicais. Contudo, não se pode igualar as características e habilidades deles com as de Deus. Os anjos são criaturas; Deus é o Criador, o ser “incriado”. Logo, os anjos dependem dele para continuar a existir e para desempenhar suas funções

  2. Embora não exista um versículo que afirme explicitamente: “Você não deve orar aos anjos”, é bem claro que não devemos orar a eles. Em última análise, a oração é um ato de adoração. E, assim como os anjos rejeitam a nossa adoração (Apocalipse 22:8-9), eles também rejeitariam as nossas orações. Oferecer o nosso culto ou oração para outra pessoa além de Deus é idolatria.

    Existem também várias razões práticas e teológicas pelas quais orar aos anjos é errado. O próprio Cristo nunca orou a mais ninguém senão ao Pai. Quando questionado por seus discípulos para lhes ensinar a orar, Ele os instruiu: “Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus…” (Mateus 6:9, Lucas 11:2). Se orar aos anjos fosse algo que, como Seus discípulos, devêssemos fazer, este teria sido o lugar para Ele nos dizer. Claramente, devemos orar somente a Deus. Isso também é evidente em Mateus 11:25-26, onde a oração de Cristo começa: “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra…” Jesus não só começa as Suas orações dirigindo-se ao Pai, mas o conteúdo de Suas orações geralmente solicita assistência que só poderia ser concedida por alguém com poderes onipotentes, oniscientes e onipresentes. Orar a anjos seria ineficaz porque são seres criados e não possuem esses podere