Shalom

Festival entra no calendário oficial de eventos da capital potiguar

Neste ano, Halleluya Natal será realizado de 14 a 16 de dezembro, no anfiteatro da UFRN.

comshalom

A Prefeitura do Natal publicou , em seu Diário Oficial, a Lei nº 6806 que insere o Festival Halleluya, promovido pela Comunidade Católica Shalom, no Calendário Oficial de Eventos da capital potiguar. Com a publicação da Lei, fica oficialmente instituído no Calendário Oficial do Município o Festival, a ser realizado anualmente, no início do mês de dezembro.

“A cidade acolhe o Halleluya como um dom para a sociedade, porque reconhece o Festival como um evento importante e com muitos valores, dos quais a sociedade carece tanto como ética, cultura, bom lazer e paz”, afirmou o responsável pela Comunidade Católica Shalom em Natal, Kleber Marinho.

O Halleluya é o maior festival de artes integradas da América Latina, com edições em Fortaleza, São Luís e no Rio de Janeiro, além de Natal, e acontece na Capital Potiguar desde 2009.

Durante os três dias de evento, são oferecidas opções de diversão para todos os públicos. Além da programação no palco principal, a festa acontece também no Halleluya Kids, espaço Adventure, Tenda da Misericórdia, pátio Halleluya e no Festival de Artes Integradas, onde são promovidas competições de dança, música e fotografia.

Na edição de 2017, mais de 73 mil pessoas passaram pelo anfiteatro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Em 2018, o Halleluya Natal vai acontecer de 14 a 16 de dezembro.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *