Formação

Inverno da Alma

comshalom

invernodaAlmaRamos secos… Nem uma única folha. Totalmente entregue às intempéries do tempo. É inverno. É quaresma!

 

Neste período em que somos chamados mais fortemente a uma reflexão sobre nossa vida enquanto Cristãos para Deus e para a sociedade,  não pude deixar de notar a aparência de morte desta árvore ao passar por ela. Pus-me a reflectir em suas condições atuais. Ela que com certeza outrora, robusta, cheia de folhagens,  fora abrigo para o ninho de pássaros. Ou mesmo serviu de abrigo do forte calor do sol a muitos que por ela passaram. Agora estava ali abandonada.

Todos partiram… Muitas vezes, estamos como esta árvore, numa aparência externa de morte. No nosso, inverno da alma. E não é fácil a espera pelos dias primaveris. Pela aurora que surgira rompendo a  trazer cor e vida onde existia uma aparência de morte.:   “Eis que o inverno passou, cessaram e desapareçam as chuvas. Apareceram as flores na nossa terra, voltou o tempo das canções. Em nossas terras já se ouve a voz da rola. A figueira já começa a dar seus figos, e a vinha em flor exala o seu perfume; levanta-te, minha amada, formosa minha, vem. ” ( Cânticos 2, 11-13 ). Porém, ainda é inverno. É preciso agora ter a paciência e esperar. Esperar tendo a certeza que silenciosa, a seiva corre ligeira dentro em nós a tecer uma nova vida. Mais bela, mais florida qual esta hoje.

Deus no Seu silêncio está a tecer uma transformação, em primeiro lugar intermanente, nestes dias de inverno de nossas almas. Está a nos preparar para novamente sermos sombra e abrigo a quem mais necessitar. Não devemos temer o inverno da alma. Temos que acreditar que Deus connosco está. Mesmo em Seu silêncio, Ele não cessa de trabalhar a nosso favor. Mesmo Jesus, o Filho de Deus, passou pelo inverno da alma logo após seu batismo ( MT 4, 1-11); no Getsemane (  Mt 26, 36 — 46 ); e na crucificação (  MT 27, 46 ). Mas após toda dor vivida no inverno da alma, Aquele que aparentemente estava morto, o Pai O ressuscitou, Lhe deu Vida Nova. Jesus suportou todo o inverno da alma confiante na misericórdia e amor do Pai e o Pai, vendo a obediência do Filho e Sua entrega total, O ressuscitou para uma Nova Vida.
Confiantes na misericórdia e amor do Pai, que em Cristo Jesus e na força e Graça de Seu Espírito tudo pode na vida de quem crê e Nele espera, devemos suportar, com e por amor a Deus, os invernos de nossa alma pois no silêncio Deus continua a trabalhar em nosso interior. E quando o inverno passar, assim como nas árvores e toda natureza, que irão ganhar vida nova, nós também, se formos fieis, receberemos esta Vida Nova. E não falo aqui já de uma vida nova após a morte do corpo. Não. Falo de uma vida nova já aqui após as mortes de nossas vontades próprias, nossa desobediência, nosso orgulho e tudo mais que nos afasta do amor de Deus. Cada inverno da alma que fica para tras, novas atitudes de um convertido devem surgir. Senão nossa vida torna-se aqui, um longo inverno. E oxalá que mesmo longo, venham os frutos. Pois por amor a nós, Deus não nos permitirá sair do inverno sem uma mudança a começar no nosso interior.

Finalizo deixando um versículo para uma Lectivo Divina do amigo/irmão leitor.

Para uma árvore, há esperança; cortada, pode reverdecer, e os seus ramos brotam. Jó 14:7

Shalom!

Fernando O. Pereira


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *