Shalom

Jesus, eu Te vi!

Pai quantas vezes me pego chorando  igual Maria Madalena… a procura de um Deus morto. Quantas vezes me vejo paralisada diante de uma situação que já passou, “já morreu”, não está mais aqui. Dá-me a graça Jesus, pela força da Tua Palavra hoje, de me deixar conduzir por Tua voz que me chama pelo nome e que me conduz a olhar para um Cristo RESSUSCITADO! Um Cristo que VIVE! Um Cristo que sobe aos céus e permanece para sempre a direita de Deus Pai.

Dá-me a graça Jesus de não me esquecer o dia em que eu Te vi… que ouvi Tua voz a chamar pelo meu nome! Dia em que o choque da Tua ressurreição transpassou minha alma e me conduziu a um caminho sem volta… caminho Pascal, caminho de Cruz e Ressurreição diária! Uma Obra Nova que há 12 anos me conduz e me inflama cada vez mais de amor por aquEle que em mim TUDO realizou!

Obrigada meu bom Jesus por me teres escolhido! Eu Te vi e tenho a graça de contemplar-te todos os dias… na oração, no silêncio, na capela, no ordinário, nos irmãos, no apostolado, no celibato, na cruz, nas alegrias, na missão, na experiência de PAZ do Cristo Ressuscitado que passou pela Cruz!

Nessas oitavas de Páscoa o meu coração transborda em GRATIDÃO porque vi o meu Senhor, meu Mestre, meu Amado! Gratidão porque Ele me chama pelo nome… Sim Jesus, toda tua eu sou! Sou SHALOM, comunidade de vida, celibatária! Essa sou eu! Aquela que viu o Senhor e que foi chamada pelo nome…
                                  Danielle Araújo 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *