Institucional

Jovens querem mais JMJ

jovensA Jornada Mundial da Juventude Rio2013 não acabou. Os jovens querem manter o ânimo e o vigor de uma fé viva, de uma Igreja jovem. Os participantes do Valeu a pena JMJ, evento da Comunidade Shalom, refletem e revivem as melhores experiências do encontro com o Papa e com a universalidade da Igreja Católica, que foi realizado no fim de julho no Rio de Janeiro. O Valeu a pena JMJ acontece dias 17 e 18 de agosto, no Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Rua 8 de dezembro, 328, Vila Isabel).

Ainda relembrando o clima da JMJ, o militar Ygor Felipe, 23 anos, afirma: “Foram cinco dias de oração intensa. Eu tive a graça de trabalhar na minha primeira Jornada e subir no palco para ficar do lado do Papa durante um momento do evento”. E completa: “Foi uma graça conhecer pessoas do outros países e ver a vivencia de vários jovens católicos do mundo inteiro”.

Ygor também conta uma das experiências que marcou sua vida. “Durante a entrega das credenciais, vi padres do mundo inteiro, cada um com um estilo diferente, mas todos professando a mesma fé, e quando chegamos no horário do Ângelus, todos pararam o que faziam e começaram a cantar em latim, foi lindo”.

Já o design gráfico Paulo Vitor, de 19 anos, participante do grupo de difusão do carisma shalom na cidade de Três Rios (RJ), as palavras do Papa e o chamado missionário foi o mais marcante da JMJ. “Valeu a pena todo o esforço! Eu ainda estou digerindo tudo após esta experiência, mas posso dizer que as palavras do Papa Francisco tocaram profundamente meu coração. Também destaco a experiência de conhecer várias pessoas de várias línguas e culturas diferentes, professando a mesma fé”, afirma. “Com o tema da JMJ me sinto chamado a levar o que aprendi a minha cidade de Três Rios – ide e fazei discípulos em todas as nações”.

A jornalista espanhola Maria José, 26 anos, diz querer viver mais a experiência de fé que encontrou no Brasil. Ela destaca a fé da América Latina como de fundamental importância para a igreja mundial. “Uma Jornada na América Latina é muito importante, pois é o continente com maior número de católicos, com uma fé sólida e com muitas atividades na vida missionária”, diz. “América Sul tem fundamental importância no futuro da Igreja”.

O missionário da Comunidade Shalom, Jailson, de 24 anos, diante da Jornada, quer também colaborar é com a mudança do cenário deste mundo de hoje. “Cada um precisa fazer sua parte e quero fazer a minha”. E você?

 

SERVIÇO: Valeu a pena JMJ acontece dias 17 e 18 de agosto, no Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Rua 8 de dezembro, 328, Vila Isabel), a partir de 9h.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *