Notícias

Junto aos mais necessitados, Casa Santa Bernadete em Juazeiro do Norte celebra 11 anos de serviço

Na cidade de Juazeiro do Norte, a Casa Santa Bernadete se destaca no comprometimento da acolhida aos mais necessitados, pessoas em situação de rua, oferecendo uma experiência com o amor e misericórdia de Deus.

comshalom

“Na Casa Santa Bernadete, encontrei um lugar, encontrei irmãos que comungam da mesma fé e espiritualidade. Aqui, o amor de Deus se revela maior”. Com essas palavras, Jorge Ferreira Franco da Silva define a importância da Casa Santa Bernadete em sua vida, desde que passou a ser assistido pelas ações de Promoção Humana desenvolvidas pela Comunidade Católica Shalom, em Juazeiro do Norte-CE. No dia 30 de abril, a Casa Santa Bernadete completou os seus 11 anos de serviços prestados na cidade juazeirense e, assim como o Jorge, muitos são os testemunhos de gratidão expressados pelos irmãos em situação de rua, acolhidos pela Casa ao longo deste tempo.

A Casa Santa Bernadete se destaca no comprometimento da acolhida aos mais necessitados, pessoas em situação de rua, oferecendo uma experiência com o amor e misericórdia de Deus. Devido à pandemia, algumas modificações foram realizadas no formato de atendimento da unidade que deixou de prestar acolhida como pousada social (Albergue) e ganhou atendimento diurno com nova localização, mais próximo ao centro da cidade. “Com a pandemia, nós mudamos de endereço e, como não podíamos mais acolher muitas pessoas em um mesmo ambiente, nós alteramos o nosso formato passando a ser um Centro de Convivência e fortalecimento de Vínculos. Então, eles chegam aqui às 14h, fazem a sua higiene pessoal, se alimentam e nós também rezamos o terço com eles”, explica a Consagrada da Comunidade de Vida e Secretária de Promoção Humana, Gracilene Silva.

Casa Santa Bernadete – Juazeiro do Norte

Há 11 anos, a semente da Casa Santa Bernadete foi plantada através da benfeitoria e solidariedade da família da Dona Bernadete, a qual confiou à Comunidade Shalom uma casa para a realização de um trabalho mais intensivo com as pessoas de rua. Ao longo deste tempo, através deste trabalho, muitas pessoas tiveram suas vidas transformadas, saindo das ruas. Para celebrar a data em seu 11º aniversário, seguindo todos os protocolos de segurança por conta da pandemia, uma programação festiva foi realizada na instituição, com bolo, orações, testemunhos e partilhas.

Shalom Amigo dos Pobres

Em todo o Brasil, a Promoção Humana Shalom abriu as suas portas de suas casas com vista à evangelização das pessoas mais pobres. Em Juazeiro, a Casa Santa Bernadete passou a integrar o projeto “Shalom Amigo dos Pobres”, o qual visa a acolhida aos necessitados neste tempo de vulnerabilidade social e disseminação da pandemia Covid-19. Cuidados essenciais para Fabiano dos Santos, 37 anos, usuário da Casa Santa Bernadete.

“Nós somos bem cuidados, porque aqui os irmãos oferecem álcool em gel, máscara e, assim, a gente é preparado para enfrentar esse tempo de pandemia nas ruas. Confiando em Jesus, as coisas vão ficar melhores para nós daqui para frente. Acredito que Deus seja maior que essa doença”, afirma satisfeito.  

De acordo com Gracilene, a casa conta com doações para manter os atendimentos. Materiais de limpeza, higiene pessoal, toalhas, alimentos e ajuda específicas  em espécie, para pagamento de energia, água, internet, são algumas das muitas necessidades da unidade. “Além disso, ainda precisamos contar com mais voluntariado, sobretudo dos profissionais da saúde, como enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais”. 

Amor traduzido em serviço

Missionária Gracilen Silva atendendo um irmão.

Servindo aos mais pobres, muitos voluntários e missionários encontram Deus e vivem a graça de servir ao próprio Jesus de forma concreta. É o caso do jovem Diego Braga, vocacionado e membro da Obra Shalom, que dispõe o seu tempo para servir na Casa Santa Bernandete. “Para mim, é uma experiência muito forte que me renova todos os dias, minha fé é também renovada através dos nossos irmãos de rua. É uma graça tocar no próprio Cristo que se faz pobre. É saber que cada irmão de rua tem a sua realidade e tem o seu motivo para estar ali, naquela situação de morador de rua, por isso aprendi a ser grato por tudo que Deus coloca na minha vida, desde as coisas mais simples até as coisas maiores”, destaca.

Para a farmacêutica, Jamylys fidelis, vocacionada e membro da Obra Shalom, a humildade, empatia e solidariedade demostrada pelos irmãos de rua evangelizam e emocionam os corações daqueles que os servem.

“Muitas vezes saímos para evangelizar, entregar alimentos, dar atenção e sou surpreendida. É exatamente nestes momentos que percebo que somos evangelizados pelas atitudes e não somente pelo que é falado. Volto para casa coberta de gratidão, pois mais um dia eu sinto Cristo me amando, quando vou ao encontro do pobre. Sinto algo mais intenso, é o amor do Amado expressado na mais pura caridade para comigo”, expressa Jamylis, que participa ativamente das ações externas realizadas toda quinta-feira nas ruas da cidade, em encontro aos mais pobres.

Há nove anos, Gracilene trabalha na Promoção Humana Shalom e testemunha que Deus já realizou muitas graças em sua vida. “Eu sempre falo que tenho a oportunidade de encontrar Jesus na Palavra, na Eucaristia e no pobre.  Então eu tenho essas três grandes graças. Eu sou a mais beneficiada. Quando eu acho que eu estou ajudando, sou eu que saio mais ajudada, eu sou evangelizada neste trabalho”.

SERVIÇO:

Casa Santa Bernadete – Comunidade Católica Shalom
Rua do Cruzeiro, 936 – São Miguel – Juazeiro do Norte-CE
Doações e mais informações: (88) 99930-1415 – Gracilene Silva

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *