Formação

Lançar-se com paixão na missão…

comshalom

Dom Nelson Westrupp


Anualmente,por ocasião do mês missionário, somos interpelados a reavivar a nossaconsciência missionária, reassumindo o mandato do próprio Cristo de irfazer discípulos entre todas as nações (cf. Mt 28,19).

OPapa Bento XVI, em sua Mensagem para o Dia Mundial das Missões desteano, enfatiza o objetivo da missão da Igreja: “iluminar com a luz doEvangelho todos os povos em seu caminhar na história rumo a Deus, poisNele encontramos a sua plena realização”. Não há atividade mais nobre eserviço mais elevado a ser prestado à humanidade do que proclamar oEvangelho.

Evangelizaré isso: levar as pessoas a Jesus, “Caminho, Verdade e Vida” (Jo 14,6).Preocupa-me, sobremaneira, o número crescente daqueles que levam umestilo de vida longe de Cristo e de seu Evangelho. Tal preocupaçãoleva-me, muitas vezes, a contemplar o Coração do Bom Pastor, em buscadas ovelhas fugidias às verdadeiras e abundantes pastagens por Eleoferecidas.

A grande preocupação nossa de cada dia deveria consistir em levar a todos Cristo e Cristo a todos.

ODia Mundial das Missões é um veemente convite a que todas ascomunidades eclesiais se coloquem a serviço da humanidade, sobretudo,da humanidade sofredora e marginalizada.

Somoscriados para viver em comunhão íntima com Deus. Faz parte de nossavocação fundamental. Enquanto, porém, perdurar o nosso peregrinar, étarefa nossa, como insiste Bento XVI, “contagiar” de esperança todos ospovos. Na medida em que estivermos impregnados e “contagiados” deesperança missionária, empenhar-nos-emos, de verdade, no serviço da BoaNova do Reino.

Sabemosque não é fácil comunicar o Evangelho num mundo que se transforma. Masnossa indiferença evangelizadora não nos obstaculize; antes, nos torneabertos, solícitos e disponíveis para todos, a começar de nossa própriacasa, de nossa família… Será que os meus de casa já estão de talmaneira evangelizados, aptos e prontos para evangelizar os outros?Anunciar o Evangelho deve ser para nós um compromisso intransferível einadiável.

Nossoserviço missionário deverá ir além de um simples apoio material oumesmo espiritual. É preciso atingir o coração das pessoas,transformá-lo, torná-lo acessível ao Evangelho do amor, deixando-seiluminar por ele, tornando-se, por sua vez, “luz do mundo”, fazendo comque a luz de Deus entre no mundo e o converta. Urge “contagiar” o mundode Evangelho. Evangelizaremos com o Evangelho da caridade.

Apósessas breves considerações, fica fácil perceber e deduzir que todo /abatizado/a, todo/a discípulo/a de Jesus deve ser missionário/a. Assumiresse compromisso não é tarefa opcional, mas, parte integrante daidentidade cristã (cf. DAp, 144).

Olhemospara Jesus, para o seu testemunho e a sua missão: “Eu devo anunciar aBoa-Nova do Reino de Deus…, pois é para isso que fui enviado” (Lc4,43). Jesus, “Evangelho do Pai”, foi o primeiro e o maior dosevangelizadores (cf. EN, 7).

Excelenteevangelizador é aquele que tem o mesmo sentir e pensar do próprioCristo (cf. Fl 2,5), conformando-se a Ele, reproduzindo em sua vida oestilo de Jesus.

Minha esperança é de que a missão não se limite a um mês missionário, mas seja permanente, não tenha data para terminar…

Queridos/a leitores/as, nãose omitam nem se excluam do nobre compromisso missionário.Apaixonemo-nos por Cristo, e procuremos levá-Lo aos que ainda nãofizeram a inenarrável experiência do encontro pessoal com Ele.

Senhor Jesus Cristo, concedei-nos a fortaleza e a coragem para sermos missionários e missionárias, hoje e sempre.

A Virgem Maria, “estrela da Evangelização”, conduza-nos nos caminhos da missão.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *