Formação

Lectio divina

“Quereis saber se estais adiantadas na oração? Olhai se na vossa vida tem virtudes”

Unsplash

A LECTIO DIVINA é um alicerce fundamental para a vivência do nosso Carisma. Pela Palavra de Deus Vivo recebemos o salutar alimento espiritual, que nos dará sustento para a nossa missão, no dia-a-dia. Somos convidados, através da leitura, meditação e oração, à subirmos ao “Monte Tabor” e, pela contemplação, transformar-nos n’Aquele que contemplamos.

“O homem não só reflete o que contempla, mas transforma-se naquilo que contempla. Contemplando, somos transfigurados na imagem que contemplamos. Portanto, contemplando Cristo, nós nos tornamos semelhantes a ele, conformamo-nos a ele, consentimos que seu mundo, seus propósitos e seus sentimentos se imprimam em nós, que substituam nossos pensamentos, propósitos e sentimentos, que nos façam semelhantes a ele” (CANTALAMESSA, Raniero. O Mistério da transfiguração. Edições Loyola. São Paulo, 2001).

O que significa Lectio Divina?

A palavra latina lectio em sua primeira acepção significa ensinamento, lição. Num segundo sentido, derivado, lectio também pode significar um texto ou um grupo de textos que transmitem tal ensinamento.

A LECTIO DIVINA é um exercício da escuta pessoal da Palavra de Deus. Funciona como uma escada de quatro degraus espirituais: Leitura, Meditação, Oração, Contemplação. Sendo que os degraus são mais para a compreensão, pois o Senhor, na liberdade do seu Espírito, pode elevar à oração e à contemplação no momento que lhe aprouver. É preciso, portanto, estar aberto à ação do Espírito Santo: “Buscai na leitura e encontrareis na meditação; batei pela oração e encontrareis pela contemplação” (Monge Guido II, Idade média).

Para os monges do deserto, a leitura da Palavra de Deus não é simplesmente um exercício religioso de lectio, que gradualmente prepara o espírito e coração para a meditatio e depois para a oratio, na esperança que possam mesmo chegar à contemplatio (se possível antes que a hora de lectio termine). Para os monges do deserto, o contato com a Palavra é contato com o fogo que queima, chama violentamente à conversão. O contato com a Escritura não um método de oração; é um encontro místico. Logo, a Lectio é o desejo de permitir-se ser desafiado e transformado pelo fogo da Palavra de Deus.

LEITURA – MEDITAÇÃO – ORAÇÃO – CONTEMPLAÇÃO

Oração inicial: Comece invocando o Espírito Santo:

“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém.”

LEITURA (Lectio)

(1 capítulo por dia)

O que o texto diz? – Preste atenção em todos os detalhes: o ambiente, o desenrolar dos fatos, os personagens, os diálogos, a reação das pessoas; procurando perceber os seus sentimentos, os pontos mais importantes, as palavras mais fortes, sublinhando o trecho que mais te chamou atenção. É importante que você identifique tudo isto com calma e atenção, como se estivesse vendo a cena.

Esse degrau é o que exigirá maior esforço de sua parte. Não é momento de procurar direcionamentos para sua vida, mas para perceber o que o texto fala de forma genérica. A leitura em meia voz ajudará a perceber melhor cada detalhe, pois você estará usando mais um sentido.

MEDITAÇÃO (Meditatio)

O que o texto me diz? – Momento de se colocar de forma pessoal diante da Palavra. É hora de “ruminar”, saborear a Palavra. “Quão saborosas são para mim vossas palavras! São mais doces que o mel à minha boca” (Sal 118,103).

Tudo o que você encontrar na leitura deve agora ser questionado com sua vida, através do Espírito Santo. Não é preciso deter-se no texto todo como na leitura, mas naquilo que o Espírito Santo tiver suscitado. Confronte a sua vida com a Palavra, deixando se impregnar pelos sentimentos que o Espírito faz surgir em nós: alegria, confiança, arrependimento…

ORAÇÃO (Oratio)

O que o texto me faz dizer? – A oração brota como fruto da meditação. Os sentimentos nos levam a dar uma resposta a Deus. Naturalmente brotam o louvor, uma súplica, uma oração penitencial, a oferta, a adoração. O que o Espírito suscitar.

CONTEMPLAÇÃO (Contemplatio)

O que a Palavra faz? – É o próprio Deus agindo. É um deliciar-se com a ação de Deus que toma a sua oração e leva você ao coração d’Ele. A contemplação não é fruto dos seus esforços, é pura graça de Deus.

Como disse Sta.Teresa: “Quereis saber se estais adiantadas na oração? Olhai se na vossa vida tem virtudes”. É pelos frutos de conversão que reconhecemos se estamos orando de verdade.

“Contemplar não significa procurar a verdade, mas regozijar-se com a verdade encontrada, saboreando toda a sua riqueza e profundidade” (Frei Raniero Cantalamessa).

Importante: Anote em seu caderno os frutos do seu estudo

VIDA

O importante não é ler e conhecer a Bíblia, mas vivê-la!

Termine com a oração do Pai Nosso, comprometendo-se a levar para a sua vida a Palavra e o fruto desta oração: “Venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa vontade”.

Perceba a dimensão Trinitária da Lectio Divina: invocamos o Espírito Santo no início; contemplamos o rosto do Filho no Evangelho; e nos dirigimos ao Pai na própria oração que o Senhor Jesus nos ensinou.

“Se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto” (Jo 12,24)


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu sou evangélico jovem, e tenho uma amiga que faz parte da comunidade shalom, ela me mostrou esse devocional e eu me apaixonei pelas etapas dele, pois vejo uma profundidade muito grande. Eu não tenho o livro deste devocional por isso estive agora procurando na internet pois pretendo a partir de hoje pratica-lo e mergulhar nessa profundidade do espirito de Deus. Eu achei lindo!!

  2. A anos procuro seguir este plano de leitura, é muito profundo e certo eu peço a Deus a graça de entender como seguir no dia a dia , pois creio que é por air tenho muita sede de viver concretamente a Palavra de Deus.