Shalom

Liderança é tema de palestra do Projeto Mundo Novo

Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios

comshalom

Eu poderia dizer que essa é uma palestra voltada a executivos, a gestores e diretores de grandes organizações. Mas dia desses me deparei com uma frase do escritor Simon Sinek que me leva a pensar de maneira mais ampla. Ele disse o seguinte:

“100% dos clientes são pessoas.

100% dos empregados são pessoas.

Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios”.

Dito isso, tenho para mim que o tema Liderança é de interesse de todos aqueles que de alguma maneira coordenam pessoas, que as capacitam, ou que exercem influência de alguma maneira. E assim, essa discussão pode incluir também os professores, os empreendedores,  os psicólogos, os jornalistas, os profissionais de RH, enfim, esse tema pode ser do seu interesse.

E a novidade que trago é a seguinte: o Projeto Mundo Novo (PMN), da Comunidade Católica Shalom, missão São Paulo, realiza no dia 25 de setembro, às 20h30, uma palestra gratuita sobre Liderança, com uma abordagem à luz da fé cristã. De fato, o tema é amplo, e por isso traremos um recorte bastante interessante, que é também o conceito de “atenção plena” (ou mindfullness, como se popularizou no ambiente corporativo nos Estados Unidos).

Para conduzir esse encontro, convidamos Murielle Brito, que atua com treinamentos e mentorias, tem formação em Science of Coaching Psychology na Universidade de Harvard, e possui experiência missionária no exterior.  Sim, ela foi missionária, e vai contar pra gente o que seria um “líder de sucesso” tendo como ponto de partida o Evangelho.

Mas, e quanto ao conceito de “atenção plena”, o que significa?

Costumo explicar resumidamente que seria o contrário de “viver no piloto automático”.

Vamos lá: Quantas vezes você saiu de casa sem saber se trancou a porta? Você já chegou ao elevador se perguntando como é que não “viu” as recepcionistas que estavam na entrada (a quem você poderia ter dado um “bom dia”)? Quantas vezes você está na rua e de repente se pergunta: Como foi exatamente que vim parar aqui?

Vamos vivendo assim, nos atropelos de nossas preocupações, de nossas correrias, no frenesi do imediatismo. Estamos sempre atrasados porque era tudo para ontem. E a questão é que esse “piloto automático” nos desconecta de tudo, mas, sobretudo, das pessoas. Porque no meio disso – como entre um andar e outro do prédio – existem as pessoas. E precisamos voltar a vê-las!

Estamos falando, então, de colocar mais propósito em cada pequeno gesto, colocar mais plenitude em cada passo que se dá, estando presente no momento presente.  E ter um “olhar atento” às pessoas é um atributo imprescindível para qualquer líder.

Quero ver como funciona isso tudo olhando para os exemplos de Jesus Cristo. Você também? Te convido a bater um bom papo com a gente. Você pode se inscrever aqui: http://goo.gl/JTqkt7

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *