Formação

Maio e Pentecostes

comshalom

Dom Orani João Tempesta

Ofinal do mês de maio, com tantas celebrações tradicionais e marianasnos traz o encerramento da Semana de Orações pela Unidade dos Cristãose a grande Solenidade de Pentecostes. Que aquela que soube dizer “sim”ao chamado de Deus e viu em sua vida a ação do Espírito Santo fazernascer o Filho de Deus nos ajude com seu exemplo a buscarmos a Unidade.

Pentecostescomunica ao nosso coração o ânimo novo para a missão, trazendo à nossamemória a mesma alegria dos apóstolos ao saírem do Cenáculo plenos doEspírito Santo, com coragem e ardor para serem testemunhas do CristoRessuscitado. Traz também a certeza da ação desse mesmo Espírito nacaminhada da Igreja, dando possibilidade de vivermos em unidade em meioa tantas diversidades. Pentecostes é o contrário de Babel, pois daconfusão das línguas o anúncio do Evangelho tornou-se possível para quetodos compreendessem a grande notícia. É pela ação do Espírito Santoque temos a certeza de que as transformações profundas podem ocorrer emnossas vidas e também na face da terra. E é esse mesmo Espírito que,dando vida para todos, nos faz felizes e animados mesmo diante dasdificuldades e problemas de cada dia.

Ocristão é a pessoa da esperança, porque está alicerçado na certeza daressurreição de Jesus e é iluminado pela ação do Espírito Santo.
Acreditoque a palavra do apóstolo deste domingo – “há diversidade deministérios, atividades, dons, mas o Espírito é o mesmo, como o corpo éum, embora tenha muitos membros” – pode marcar a nossa existência ecaminhada.

Umdos mais belos e comoventes sinais que a Igreja pode dar ao mundo éjustamente esse: o da Unidade! E não é à toa que no Brasil esta semanaque antecede a Solenidade de Pentecostes foi também escolhida como aSemana de Orações pela Unidade dos Cristãos.
Temos a busca e anecessidade de vivermos unidos enquanto cristãos! E isso é ainda maissentido em nossa caminhada como Igreja, ou seja, no interior da Igrejasomos chamados a viver na unidade em meio à diversidade.

Sãomuitos os carismas, dons e serviços que hoje existem na Igreja, mas senão formos unidos acabamos perdendo a potência em sermos sinais doCristo. As divisões e críticas entre nós demonstram a dificuldade dessavivência de comunhão, de aceitação das pessoas entre si, do acolhimentoda diversidade.

Ogrande desafio é o saber viver nessa comunhão com o coração desarmado eabrindo-nos à alegria de podermos conviver uns com os outros comoirmãos que se amam e se aceitam no Senhor. Tenho visto belíssimosexemplos de pessoas felizes que assim vivem, trazendo em seus coraçõesapenas a paz e a fraternidade. A construção de um mundo novo passa porpessoas que fazem essa experiência e a vivem com generosidade.Descobriram que é possível a convivência entre os diferentes e que,longe de ser problema, isso é um grande enriquecimento da vida e denossas práticas.

Nãoé fácil e nem simples viver assim! As nossas tendências são justamenteao contrário de tudo isso: queremos nos vingar, retribuir o mal com omal, aproveitar para levar vantagem em tudo. Eis os desafios de nossoproblemático tempo – como levar adiante esse trabalho e ajudar para queno interior de nossas comunidades vivam todos na alegria e na paz.

Nãosomos ingênuos diante de um mundo competitivo que nos faz a cadainstante disputar um lugar ao sol, mas sabemos que com corações novospoderemos ver brilhar a alegria de vidas novas compartilhando momentosdifíceis sem nos acusarmos uns aos outros, e alegrias enormes semegoísmo e compartilhando belos momentos.

EmPentecostes, a ganância e o egoísmo humano, representados por Babelquando ninguém se entende, foram vencidos pela unidade e entendimentopara que a humanidade unida e fraterna dê testemunho do Senhor! Que serenove Pentecostes nos corações, nas famílias, nas comunidades e emnosso mundo!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *