Formação

Mas afinal, como fazer uma live?

Um checklist para entrar ao vivo.

comshalom

Antes deste período de isolamento social, o formato de transmissão ao vivo que chamamos de Live já era bem comum. Agora, acompanhamos um boom que é vivenciado por diversos canais, considerados influentes ou não nas redes sociais.

Os bons ingredientes para uma Live são verdade, simplicidade, coragem e ânimo. Esses atributos devem estar unidos a um ambiente bem iluminado e preparado especialmente para a transmissão. Para você que ainda está procurando coragem ou quer descobrir por onde começar, segue um checklist para a sua primeira Live

Lembre-se que ela não pode ser só mais uma Live neste momento que vivemos, mas precisa ter um conteúdo relevante e gerar resultados.

Checklist

Com quem você vai entrar ao vivo?

Você fará a sua Live sozinho? Em dupla? Com perguntas e respostas? Interagindo via comentários? Se for em dupla ou grupo, marque uma reunião para definir os pontos que serão abordados (organização é importante).

Qual é o seu objetivo?

Para que não seja somente mais uma Live neste período, tenha um objetivo real, que dê sentido ao tempo que as outras pessoas vão investir na frente da tela.

Onde será a sua Live?

No YouTube ou no Instagram? Tentem encontrar uma plataforma onde todos se sintam seguros e tenha acesso fácil. Busque mapear também a plataforma que o seu público mais utiliza.

Qual será o tema?

Defina o tema com antecedência e crie um roteiro de construção do texto. Tenha esse roteiro em mãos durante a transmissão para consultar o andamento da conversa e evitar se perder no assunto. Algumas plataformas, como o Instagram, têm limitação de tempo. Saber o que dizer e seguir uma linha de raciocínio é importante.

Quando será a sua Live?

Defina o dia e o horário. Observe o maior horário de engajamento do seu público-alvo e agende com base nesses dados. Contas comerciais no Instagram, por exemplo, apresentam esses dados em relação ao seu perfil, vale a pena conferir.

Anuncie:

Divulgue a Live nas suas redes sociais ou em outros canais de comunicação.

Faça um teste de conexão:

Você pode fazer esse teste por meio de uma pesquisa no Google: “teste de velocidade da internet” e executar a ação no resultado da pesquisa, ou tentar entrar minutinhos antes da Live para verificar como está o retorno com o público. A pergunta não é clichê: No início da Live, pergunte se as pessoas estão “ouvindo bem e vendo bem!” e tenha alguém de suporte acompanhando os comentários.

Por vezes, é o seu público que vai sinalizando como está a transmissão e, quando há queda de sinal, o primeiro a perceber e a comentar é o participante da Live. Fique atento.

Use o celular carregado:

Por segurança use o celular carregado em 100%. Transmissões em vídeo consomem muita bateria.

Evite interrupções:

Avise as pessoas que estarão no mesmo ambiente que você para que elas não interrompam a transmissão. Tente também analisar antes se os seus vizinhos não farão algum barulho que incomode. Um local silencioso é importante.

Fixe um comentário:

Tente deixar o tema fixado ou bem renomeado no título da live (para o YouTube), isso é uma forma de acolher as pessoas. Seu público sabe o que está acontecendo, os curiosos que chegarem por convites vão precisar saber qual é o tema da conversa. No Instagram, tente fazer isso com um comentário fixo.

Começou!

(Espere um pouco para que o público possa entrar)

No primeiro minuto: Receba as pessoas com uma breve apresentação sua e dos convidados. Antes de ir direito ao assunto, fale sobre o tema que será discutido e qual é a motivação lhe levou a fazer a transmissão. Durante a Live, se você é facilmente disperso, evite ler os comentários ou desative o chat.

Nos últimos 20 minutos: Faça uma revisão do que foi conversado, interaja com os comentários, use os minutos finais para perguntas e respostas.

Está acabando…

Termine a sua Live dando algo ao seu público: Pode ser acesso a um ebook, uma sugestão de outros conteúdos que aprofundam o assunto, uma notícia ou novidade sobre o tema…

Algo que seja “um presente” para quem ficou até o fim. Não precisa ser necessariamente um objeto, pode ser uma partilha especial também, apenas dê a experiência da surpresa e do sentir-se presenteado por você.

Acabou!

Agora chegou a hora de coletar feedback: seja com uma caixa de comentários nos seus stories, seja pelo chat, ou mesmo convidando o público a entrar em contato por meio de outros canais de comunicação.

_____________

Boa sorte!

Leia mais:

3 aplicativos que vão lhe ajudar a cumprir as suas metas

Acompanhe a Live SH pelo youtube do comshalom

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *