Shalom

Membros da Comunidade Shalom de Curitiba participam de retiro formativo

comshalom

O diálogo entre jovens e adultos na vocação Shalom foi o tema da pregação que abriu neste sábado (04), em Curitiba, o CACV, retiro anual formativo do qual participam membros com promessas, discípulos, postulantes e vocacionados da Comunidade Católica Shalom. A palestrante foi a assistente apostólica Gabriella Dias, responsável pelas ações de evangelização da Comunidade. Com pregações ao vivo e em vídeo, gravadas em Fortaleza, casa-mãe do Shalom, o CACV continua até domingo (05) e tem como tema geral a Convenção 35 Anos, que aconteceu em setembro em Roma.

“Para Santa Teresa D’Ávila, são três coisas diferentes receber a graça, reconhecer a graça e comunicar a graça”, afirmou Gabriella, ao se referir aos 35 anos do Shalom, destacando o momento mais marcante da Convenção: o encontro com Papa Francisco em 4 de setembro. Nesse dia, o pontífice respondeu a perguntas de alguns membros da Comunidade, entre elas, uma que foi feita por um adulto e uma jovem, e que foi o mote da pregação da assistente apostólica:

“Santo Padre, nós, mais antigos na Comunidade Shalom, queremos consolidar com fidelidade e docilidade o nosso carisma, testemunhando e transmitindo a fé e a vivência do evangelho para as novas gerações na Comunidade. E nós, os mais jovens queremos encarnar essa graça e passá-la adiante pela Igreja, os jovens e todos os povos. Santo Padre, gostaríamos de pedir que o Senhor nos dê a sua palavra e sua direção para a Comunidade Shalom, para que possamos testemunhar e anunciar com alegria o Evangelho ao homem de hoje”.

Em resposta, o Papa disse que o serviço pedido é o diálogo entre as duas gerações. Para Gabriella, principalmente da parte dos “antigos” deve haver essa iniciativa, pois a eles foi dada perseverança justamente para transmitir o dom de Deus, não para guardar para si mesmo. E citou o texto Obra Nova, escrito pelo fundador da Comunidade, Moysés Azevedo, em 1984. “A complementaridade das gerações é uma graça que Deus nos deu desde o início”, disse.

Gabriella destacou que a inquietação pela evangelização narrada pelo fundador no texto era oriunda do fato de ele reconhecer que a graça vivida não era para si. Os “antigos” precisam também pedir essa mesma graça de inquietação e desejo de se responsabilizar pela formação dos “novos”. “Para que ele (o formando) receba, alguém tem que se ofertar para transmitir”, esclareceu.

O Espírito Santo, que conduz na vivência da vocação, ensina a viver a cruz com alegria, o que atrai o olhar e o coração dos mais jovens. Ela falou também sobre a importância do olhar de fé para os irmãos mais novos, como foi o olhar do profeta Samuel para Davi, ao ungi-lo rei de Israel.

A transmissão do Carisma Shalom, “não é uma obra humana, é graça, mas nós precisamos acreditar que aqueles que Deus juntar ao nosso redor têm em si o germe da vocação”, e que a graça divina quer ali operar. Para isso é necessário o esforço, o regar e trabalhar a semente. Sem vida de oração e o consequente testemunho, é tarefa impossível. “Rezando, passamos nossa vivência interior para as novas gerações”, disse Gabriella. Ela concluiu sua pregação com a oração de renovação da oferta de vida, feita pelos membros do Shalom diante do Papa durante a Convenção. Antes disso, afirmou que quanto mais as antigas gerações se aproximarem dos jovens com essa missão de paternidade, mais irão reviver.

Oração de Renovação da Oferta de Vida:

“Pai de amor e de bondade, inflamados pelo Teu Amor, aqui estamos diante de Ti para fazer de nossas vidas um perene “ofertório”, e assim nos perder por amor a Cristo, em favor da humanidade ferida, para que a Tua Graça produza em nós e no mundo o fruto da Tua Paz. Eis-nos aqui, aos pés de Pedro, para renovar a entrega total de nossa vida pela Igreja, pelos jovens e por toda a humanidade. No “altar” da vida e da missão, envia sobre nós o teu Espírito a fim de que esta oferta se torne para o mundo o Corpo e o Sangue de Cristo e, através dela, a humanidade possa sentir o perfume da oferta do Teu Filho Jesus. Eis-nos aqui! Queremos partir novamente em missão para evangelizar todos aqueles que se encontram distantes de Cristo e da Sua Igreja. Um povo em movimento que se oferta até os confins da Terra!
Amém”

Emanuele Sales


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *