Shalom

O trabalho é a terra de missão da Comunidade de Aliança

Onde Deus entra tudo se transforma e eu sou testemunha da obra nova que Ele tem realizado no meu trabalho. No coração que se abre sem medo, o Senhor faz maravilhas.

Foto: Unsplash

(Testemunho escrito antes da Pandemia do Covid-19)

Há algum tempo estava em discernimento sobre um novo trabalho e, no decurso do ano de 2013, fiz algumas provas de concursos. No entanto, tinha um específico que mais me chamou atenção pela sua missão de fortalecimento do SUS. Eu sempre falo que me apaixonei pela saúde pública e pela instituição que despertou no meu coração esse amor pela causa dos pobres.

Passados quase quatro anos da realização desta prova fui nomeada, já não esperava esse chamamento, estava em outra missão da qual fazia parte a minha mãe, o cuidado com ela, em vista da sua saúde debilitada a trouxe para morar comigo. A prioridade do concurso tinha ficado para trás e parei de acompanhar o processo.

Deus usa uma pedagogia engraçada comigo, Ele me fala muitas vezes quando estou na cozinha fazendo alguma coisa, e desta vez não foi diferente, eu estava fazendo o almoço daquele dia quando recebi um telefonema da instituição me informando da nomeação, no momento confesso que foi um susto, pois muita coisa havia mudado naquele período.

Duas áreas que precisavam ser transformadas

Novamente um novo discernimento foi realizado para ouvir a vontade de Deus naquele tempo. Mesmo em meio à missão com a minha mãe, o Senhor falava que era o momento do novo acontecer no meu trabalho e, como um prolongamento deste acontecimento, no meu matrimônio também. Duas áreas que precisavam ser transformadas por Ele, por estarem intrinsecamente ligadas.

Após todos os trâmites do processo, tomei posse e comecei a trabalhar, mas não esperava que com tanta rapidez Deus começaria a agir. Logo nos primeiros meses de trabalho, os movimentos do amor de Deus foram acontecendo, era visível que as pessoas, em meio aos seus sofrimentos, tinham necessidade da presença do Senhor.

O caminho que Deus me indicava levava ao acompanhamento individual e fui percebendo que esta era a porta para entrar no coração e na vida das pessoas, a via do envolvimento pessoal, sentar, ouvir, rezar, aconselhar, direcionar, despertar e o principal, amar muito cada uma delas, sendo presença de Deus, luz e paz onde esperam ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus.

Nos reunimos semanalmente

Em pouco tempo, a notícia dos acompanhamentos pessoais e orações se espalhou e algumas delas me procuravam pedindo oração ou apenas queriam ser ouvidas. Em meio a tudo isso, surgiu o desejo de nos reunir para rezarmos juntos em meio às muitas necessidades pessoais e de trabalho.

Fiz um pedido informal ao meu chefe direto que mais do que autorização, nos alegrou muito com a sua presença no grupo. Hoje, nos reunimos semanalmente na instituição para rezar e Deus com a sua graça vem transformando os corações e a vidas desses amados irmãos.

É uma alegria e uma grande felicidade estar nas mãos de Deus, ver que Ele vai além de minhas fraquezas e que pode realizar grandes obras em todos os lugares. Onde Deus entra tudo se transforma e eu sou testemunha da obra nova que Ele tem realizado no meu trabalho. No coração que se abre sem medo, o Senhor faz maravilhas.

“Viver uma vida voltada para Deus e para os outros. Sem dúvida nenhuma este é o caminho da felicidade”.

(Moysés Louro de Azevedo Filho)

Márcia Andrea Barreto
Consagrada da Comunidade de  Aliança

Leia também

Comunidade de Vida ou Aliança? – por Angela Barroso

20 conteúdos especiais sobre a Vocação Shalom – por Jonas Viana


Comentários

[fbcomments]

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *