Institucional

Missão de Juazeiro do Norte celebra 34 anos da vocação Shalom

15_07_2016_00_08_46

O Evangelho do dia retratou a parábola do Bom Samaritano, que nos faz lembrar que o Céu é anunciado por meio de atos concretos de amor. Durante a homilia, o sacerdote destacou a importância do serviço missionário da Comunidade Shalom no Brasil e em outros países. Hoje, estamos celebrando os 34 anos da Comunidade Shalom, assim como em várias missões espalhadas no mundo. Celebramos esse carisma que é um verdadeiro dom de Deus para Moysés, Emmir e para a humanidade”, enfatizou o sacerdote.

A Comunidade Católica Shalom foi fundada em 9 de julho de 1982 após seu fundador, Moysés Louro de Azevedo Filho, ter ofertado a vida e a juventude para levar Jesus Cristo e Sua Igreja àqueles que deles estivessem distantes, especialmente aos jovens. Após o seu encontro com o Papa João Paulo II, há 34 anos, Moysés e alguns jovens inauguram, em Fortaleza, uma lanchonete para evangelizar, cuja missão é anunciar o amor de Deus às pessoas que ali chegam para lanchar, buscar aconselhamento, ajuda ou consolo.

O que parecia uma ideia despretensiosa de se fundar algo, em 1983, começa as primeiras experiências de vida comunitária, os jovens evangelizados passam a participar de grupos de oração e logo nasce as primeiras sementes da Comunidade de Aliança. Em 1985, Moysés e mais quatro jovens fazem suas promessas como os primeiros consagrados da comunidade de vida. No ano seguinte Maria Emmir, co-fundadora, ingressa na Comunidade de Vida.

Carisma fecundo

Grupos de oração se multiplicam, trabalhos de evangelização, formação e de promoção humana se intensificam, vocações surgem e bispos pedem casas do Shalom em suas dioceses. Em 1995, sob a forte intervenção da providência divina, os Estatutos da Comunidade começam a ser preparados. Em 17 de fevereiro desse ano, a elaboração é interrompida devido à morte repentina do missionário da Comunidade de Vida Ronaldo Pereira, aos 24 anos, em acidente de trânsito. No ano seguinte, a tarefa é retomada.

Em 1998, o arcebispo de Fortaleza, Dom Cláudio Hummes, assina o decreto de reconhecimento canônico do Shalom, em nível diocesano. O Reconhecimento Pontifício é decretado em 2007, pelo Pontifício C15_07_2016_00_06_12onselho para os Leigos, órgão ligado à Santa Sé, que aprova, ainda, os Estatutos em caráter experimental. Em 22 de fevereiro de 2012, com o fim do período de espera, a Santa Sé confirma o reconhecimento da Comunidade Católica Shalom como Associação Privada Internacional de Fiéis e aprova definitivamente seus Estatutos.

Atualmente, a Comunidade está presente em dioceses em vários países e cresce cumprindo a missão de evangelizar e formar filhos de Deus. Em Juazeiro do Norte a Comunidade está presente há 15 anos, realizando trabalho de evangelização com jovens, pobres e famílias, através da oferta de vida de irmãos que levam a paz do Cristo Ressuscitado para os filhos de Deus.

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *