Notícias

Mulher é curada de doença rara no pulmão durante momento de adoração ao Santíssimo Sacramento

DPOC é uma tipo de doença pulmonar obstrutiva crônica.

comshalom

Durante um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, uma mulher foi curada de uma doença pulmonar obstrutiva crônica, também conhecida como DPOC. Essa intervenção divina aconteceu, na última semana, em uma celebração eucarística, que teve como principal intenção a cura dos enfermos e foi presidida por Padre Antônio Furtado, no bairro Mondubim, em Fortaleza.

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

Em postagem nas redes sociais, o sacerdote compartilhou o testemunho da mulher que há oito anos utilizava, de forma dependente, um cilindro de oxigênio para poder respirar. Padre Antônio partilhou sobre a inspiração que Deus deu a ele naquele dia.

“Durante a adoração ao Santíssimo Sacramento, Deus me inspirou a retirar dela o equipamento na certeza de que Ele lhe daria a cura. Naquele momento mesmo, ela já começou a andar e fazer outras atividades sem o uso do aparelho. Depois, subiu ao altar e tomou posse da graça de Deus na sua vida! Ele é fiel”, testemunha o missionário da Comunidade de Vida.

A mulher conta que pedia todo dia a Jesus que a curasse de sua doença. E, de modo particular, nos últimos dias, ela estava rezando o Ofício de Nossa Senhora de forma mais intensa. Ela chegou a participar outras vezes de celebrações no Shalom, mas Deus quis curá-la durante um momento de adoração.

Leia também | Deus venceu duas vezes o câncer de mama em mim

Mulher curada de DPOC

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Padre Antonio Furtado (@padreantoniofurtado)


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. A Igreja recomenda (mais que isso, determina!) que este tipo de cura seja confirmada com o laudo dos médicos. Isto foi realizado pela mulher??