Sem Categoria

Namoro e missão: o lugar onde Deus cuida de nós

Nunca imaginei onde Deus iria nos levar, é tanto cuidado, providência, que só nos resta louvar, todos os dias.

comshalom

“God takes care of us”: este é o lema do nosso namoro, Deus cuida de nós (resultado de um dia inspirado no inglês). Mas antes de falar um pouco sobre nosso tempo de namoro missionário, vou esclarecer um pouquinho mais sobre como nos conhecemos.

Me chamo Edwiges Bianca, sou neo consagrada da Comunidade de Aliança (esperando a minha missa para cumprir essa promessa de Deus), e sou namorada de Everton Lourival, que também está esperando a data da Missa de Consagração.

Sou da missão de Natal/RN e, em outubro de 2018, fui enviada em missão para apresentar o Luau das Tribos – um evento da missão de João Pessoa/PB -, pois a menina que sempre servia não poderia neste ano. Foi então que conheci o irmão que iria apresentar comigo: Everton.

Foi impressionante o dedo de Deus cuidando de tudo: a nossa unidade no evento, mesmo sem nunca termos nos visto, as coisas iam fluindo e foi firmada uma semente de amizade desde aquele momento. No final do texto revelarei alguns segredos deste episódio.

Voltei a Natal, permanecemos em contato, partilhando da vida, mas o que ele não sabia é que eu estava prestes a ir em missão. Depois de um tempo, eu falei para ele que tinha enviado carta à Comunidade. A amizade foi crescendo e, em fevereiro, minha resposta saiu: seria enviada para Curitiba/PR. Alegria, renúncias, fé. Foi quando ele partilhou comigo que também tinha mandado carta para ir em missão. No outro mês, a resposta dele saiu, seria enviado para o Rio de Janeiro. Ficamos muito felizes com a vontade de Deus para cada um.

Já em missão, nos reaproximamos, muitas partilhas sobre o ser Aliança Missionária, era uma amizade muito saudável. Mas Deus me pediu o celibato formativo, um tempo em que eu me dedicasse inteiramente a Ele.
A amizade era fiel, porém o contato inconstante. Mas aquele amigo começou a se tornar mais especial, o sentimento aumentou. Lembra sobre alguns segredos que disse que ia contar? Agora será revelado!
Desde a primeira vez que o vi, senti algo diferente, algo que vinha de Deus, isso foi revelado no dia que ele me pediu em namoro, e a mesma coisa aconteceu com ele, foi impressionante!

Fomos trilhando a caminhada, primeiro no nosso coração e com Deus. Depois, foi partilhado com nossos formadores sobre o sentimento que estava em nós e, em seguida, fomos nos aproximando mais e, em nenhum momento, revelado o sentimento. A amizade só crescia, meu celibato foi encerrado e, através de muita oração e confirmações, Deus me pedia para continuar. Ele me deu essa palavra em Eclo 37, 15-19: “Sê, porém, assíduo junto a um santo homem, quando conheceres um que seja fiel ao temor a Deus, cuja alma se irmana à tua, e que compartilhará da tua dor quando titubeares nas trevas. Fortalece em ti um coração prudente, pois nada tem mais valor para ti. A alma de um santo homem descobre, às vezes, melhor a verdade que sete sentinelas postas em observação numa colina. Mas em todas as coisas ora ao Altíssimo, para que ele dirija teus passos na verdade”. Tudo isso foi acontecendo enquanto eu estava em missão, na comunidade de vida.

Em setembro, a caminhada foi liberada. Em dezembro, voltaria para Natal, e a Providência cuidou para que meu vôo fizesse conexão no Rio, e depois de dois anos nos vimos pela segunda vez! Foi ótimo, convivemos, passeamos, mas o mais importante: rezamos juntos presencialmente. E Deus falava que a oração deste dia seria um sustento para os próximos momentos. Nós não estávamos esperando para namorar, não, estávamos vivendo cada passo, e como é importante viver cada fase, não esperar para viver, mas viver essa espera, com alegria, cada chamada de vídeo, cada momentinho que renunciávamos na rotina puxada para nos falar.

Retornei para minha antiga, porém nova missão. Eu pensava: “Eu em Natal, ele no Rio. Quando poderemos nos ver novamente? Ele só retorna em julho de 2021”.

Mas eu te falei que o Pai cuida de nós, né? A providência quis que ele fosse de férias para João Pessoa, mais pertinho da minha cidade. Porém, eu tinha viajado para o interior do estado para fazer um curso profissional. Fui, então, surpreendida no dia 2 de fevereiro, dia da Anunciação do Senhor, com sua presença naquela cidade pequenininha, em frente à Igreja de São Sebastião, também padroeiro da cidade que ele estava em missão: “Você aceita continuar esse caminho que estamos trilhando, mas agora como namorados?”. O que eu sentia era mais do que um taquicardia, era uma experiência de paraíso, de vontade de Deus. Que alegria!

Passamos alguns dias juntos, mas, estava na hora dele voltar para o Rio de Janeiro. Mais um tempo novo. Deus capricha em nos amar e nos fazer sair de nós. E agora, namorando a distância, eu te digo: nunca imaginei onde Deus iria nos levar, é tanto cuidado, providência, que só nos resta louvar, todos os dias.

Apesar de todas as dificuldades que existem na distância, fomos encontrando formas de resguardar nosso “momento de namoro”, que acontece uma vez por semana. Nele assistimos filmes, fazemos exercício juntos, uma vez por mês rezamos e, claro, partilhamos muito, rimos muito, e o que mais o Espírito Santo nos inspira é amar um ao outro.
Quero encerrar dizendo como é possível namorar à distância. No nosso caso, a missão teve um papel particular, foi por ela e nela que tudo foi formado, então quando a saudade bate mais forte relembramos o motivo e tudo se ressignifica.

Peço licença a você que está lendo para fazer uma declaração ao meu namorado: amor, esse é nosso primeiro dia dos namorados juntos e eu quero continuar a construir o templo de Deus com você, te amo e obrigada por me fazer mais amiga Dele!

Edwiges Bianca, namorada de Everton Lourival, neo consagrados da Comunidade de Aliança Shalom.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.