Sem Categoria

“Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria”

comshalom

Nossa concepção de santidade ainda está tão distante do que Deus deseja ser!.

“Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria”

Não podemos resumir nossas pátrias somente na dimensão geopolítica, ou de nação, mas nossa pátria pode ser classificada como nossas casas, comunidades, ambientes de trabalho, onde vivemos e convivemos.

E porque somos incapazes de bem receber os profetas que nos são dados? Creio ter uma resposta simples: não os recebemos porque não os reconhecemos como profetas! Ainda temos visão tão limitada nas fraquezas dos que estão ao nosso redor que não vemos as lutas, a busca, o desejo de Deus que está no coração de cada um dos nossos irmãos; será que somos tão incapazes de enxergar o desejo de Deus que existe mesmo quando se escolhe o caminho contrário?

Deus pode ter nos enviado muito mais profetas do que contamos em nossos dedos por julgar quem realmente seria profeta ou “mais um “. Deus pode ter enviado muito mais anunciadores da Sua Vontade do que fomos capazes de declarar que assim eram, pois nossa arrogância muitas vezes  nos impedem de ver Deus fora dos padrões construídos pela mesma arrogância em nós.

Muito sobre o que é santidade ainda precisa ser descoberto, e muitos profetas ainda precisam ser reconhecidos como tal. Que Deus nos abra os olhos e vença nosso orgulho. Sejamos profetas que sabem reconhecer profetas!

Clayton Baldi, Consagrado na Comunidade de Aliança.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *