Shalom

No dia de Santa Dulce dos Pobres, conheça as ações do Projeto Amigo dos Pobres em Salvador

“É preciso que todos tenham fá e esperança em um futuro melhor. O essencial é confiar em Deus. O amor constrói e solidifica”. Santa Dulce dos Pobres.

comshalom
foto: Reprodução

Dia 13 de agosto, comemoramos o dia de Santa Dulce dos Pobres. A santa brasileira, cuja obra social impressionante que desenvolveu sua santidade, se passou em Salvador, na Bahia – terra de Nosso Senhor do Bonfim, onde a Comunidade Católica Shalom está presente há exatos 30 anos. É nesta mesma terra de missão, que durante a pandemia do novo coronavírus foi iniciado o SOS Rua e o Programa Shalom Amigo dos Pobres pelo ministério de Promoção Humana Shalom.

Desde 2020, seguindo os passos de Santa Dulce dos Pobres que sempre deu comida a quem tinha fome e de beber a quem tinha sede, o SOS Rua já distribuiu mais de 4.000 refeições em seus quase três anos de existência. O mais importante, resgatou a dignidade de muitas pessoas, ao lhe proporcionar a experiência de ser cuidado, ter um lar, uma possibilidade de uma vida mais digna sob um teto. E o encontro com Jesus Cristo que dá sentido a vida.

Os testemunhos são inúmeros. No grande evento do Dia do Pobre que é uma ação maior,  foi salva a perna de um rapaz que precisaria ser amputada. Porém o socorro daqueles irmãos missionários, possibilitou um tratamento digno que evitou que aquele homem, jogado na rua perdesse as pernas. Tal qual o samaritano da parábola, o diácono, a irmã enfermeira que socorrem aquele homem indigente, usaram seus próprios bens e tempo para salvar alguém que não tinha ninguém para ajudar.

Ação Amigo dos Pobres em Salvador

De acordo com Mércia Rodrigues, coordenadora da Promoção Humana Shalom da missão de Salvador, o Amigo dos Pobres começou com a distribuição de 140 cestas básicas. Ela conta que rapidamente foi ampliando e se tornando uma ação em que por mês são mais de 180 pessoas evangelizadas e que recebem um convite a uma vida mais digna.

As parcerias com outras comunidades, como a Obra Lumen e poder público ampliam as possibilidades para quem falta tudo. Os nossos amigos de rua, como os missionários os chamam, já conhecem e gostam da oração e da simplicidade da conversa entre dois amigos comuns.

Uma voluntária que pediu para não ser identificada, relatou que certo dia chegou embaixo de uma ponte da cidade apenas para conversar com um irmão. Era um dia de evangelização, e a amiga de rua disse que já estava sentindo falta dela.

Novenário de Santa Dulce

Durante o novenário de Santa Dulce, a comunidade teve uma participação especial no último dia (12/08), tendo à frente o Padre Thiago José. É sempre uma ocasião de ir a casa de Santa Dulce e encontrar grande graça para o serviço aos mais necessitados.

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.