Formação

Normas básicas para o jejum da Quaresma e da Sexta-Feira Santa

“No momento favorável eu te ouvi, no dia da salvação, te socorri. É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação.” (2 Cor. 6,20).

comshalom
Foto: Wallace Freitas

Chegou a quaresma e é tempo de conversão, de vida nova, de renúncias concretas aos prazeres da carne em vista da vida eterna que nos espera. Não há salvação sem sacrifício. O autêntico jejum da quaresma no qual somos chamados, deve ser pautado pelo verdadeiro amor.

O comshalom.org separou algumas orientações para você viver melhor este tempo. Lembre-se de jejuar em espírito de oração, dando um sentido ao sacrifício vivido. Desejamos a todos uma fecunda quaresma e Sexta-Feira Santa, por isso elaboramos algumas normas básicas para o seu jejum.

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

O jejum

São chamadas ao jejum as pessoas que possuem entre dezoito e cinquenta e nove anos completos. Os demais podem fazer, mas sem obrigação. Grávidas e doentes estão dispensados do jejum, bem como aqueles que desenvolvem árduo trabalho braçal ou intelectual no dia. Essa orientação vale para a quarta-feira de cinzas, para as demais sextas-feiras da Quaresma e a Sexta-feira da Paixão.

Água e remédios são permitidos em qualquer tipo de jejum, dentro e fora do tempo da quaresma.

Nota: para não se fugir à orientação da Igreja, este jejum pode ser tornado mais rigoroso, mas não atenuado. Pode-se, caso sirva para vivê-lo melhor,  fazer outros tipos de jejum conhecidos, tais quais:

  1. Pão e água:  também conhecido como jejum bíblico, fazê-lo à base de pão e água durante o dia.
  2. À base de líquidos:  tais quais chás, sucos, laticínios, menos caldos.
  3. Abster-se de alguma das refeições: escolhe-se uma das refeições para não ser feita e comer moderadamente nas duas outras, não se abstendo de água.
  4. –  Jejum completo: neste só é permitido água durante o dia.

E para ser o jejum que é prescrito, necessariamente referir-se-á à alimentação. As demais mortificações, ou penitências, podem ser bem vindas, porém não são jejum.

A abstinência

  • Deixar de comer carnes de animais de sangue quente – bovina (gado), ovina (carneiro), aviária (frango, galeto, galinha…), bubalina etc – , bem como seus caldos de carnes.
  • Permite-se o uso de ovos, laticínios e gordura. Nos dias prescritos, o jejum feito, ou que se esteja fazendo, não desobriga a abstinência durante todo o dia.
  • Estão obrigados à abstinência os que tiverem completado quatorze anos, e tal obrigação se prolonga por toda a vida. Grávidas que necessitem de maior nutrição e doentes que, por conselho médico, precisam comer carne, estão dispensados da abstinência, bem como os pobres que recebem carne por esmola.

Abstinência parcial: carne permitida só na refeição principal/completa.

Quando fazer Jejum?

1.Quarta-feira de Cinzas e Sexta-feira Santa da Paixão do Senhor: são os dois dias do ano em que a Igreja define jejum e abstinência obrigatórios.

2. Sextas-feiras da Quaresma (que estão entre os dias assinalados pelo calendário antigo como Sextas-feiras das Têmporas): jejum recomendado e abstinência obrigatória.

3. Demais dias da Quaresma, EXCETO os domingos: jejum e abstinência parcial recomendados.

4. Demais sextas-feiras do ano, EXCETO se forem Solenidades: abstinência obrigatória, mas não é obrigatório o jejum.

Para ficar mais claro ainda: Se alguma solenidade cair na sexta-feira, mesmo dentro da Quaresma, não se tem jejum e nem abstinência.

Planner de Quaresma 2022

 Quer viver melhor a Quaresma? Baixe já o Planner minha Quaresma e trilhe esse caminho de conversão com segurança!  [CLIQUE AQUI].

Meditações para a Semana Santa

A cada ano, a Comunidade tem lançado um novo número da coleção Meditações para a Semana Santa, que traz sempre reflexões à luz da Palavra de Deus e da Doutrina da Igreja, inserindo o fiel batizado no mistério central da fé católica: a Paixão, a Morte e a Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo. 

Esse tempo litúrgico deve ser vivido com a devida atenção ao seu espírito próprio, aos mistérios e conexões com nossa vida, gerando uma renovada conversão pessoal. Além disso, é tempo de reunir toda a Igreja e celebrar de forma intensa a razão da fé católica: Cristo se entregou por cada homem e vivo está.

[Adquira o E-book com as meditações para a Semana Santa 2022]

Leia também

Página especial do comshalom para a quaresma 2022

40 propósitos para a Quaresma

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2022

Receita do pão de jejum da Comunidade Católica Shalom

 

*Com informações do Código de Direito Canônico, cân 1249 a cân 1253.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Nas sextas da quaresma, abstinência, ok. Mas com relação ao Jejum… Tomar apenas o café (líquido/puro, sem leite) com algumas bolachinhas sem recheio na parte da manhã pra “segurar” até as 18h e fazer uma refeição leve a partir desse horário é válido esse tipo de jejum? Qual o jejum mais recomendado, tendo em vista ser uma pessoa saudável e tendo um trabalho que exige pouca força/energia física e intelectual?

    1. O post contém alguns erros : A Abstinência de de carne na Sexta Santa e Quarta de Cinzas é o dia inteiro incluindo a refeição principal e o Jejum de líquidos não é permitido vitaminas. E é sempre bom lembrar que todas as sextas feiras do ano é dia de Abstinência de Carne.

      1. Olá, Vitória, obrigada por seu zelo em comentar!

        É importante deixar claro que antes das recomendações de quando e como fazer jejum, a postagem cita os tipos de jejum e o que é abstinência, tanto a total, quanto a parcial. No tópico 1 em “quando fazer Jejum” está escrito: “Quarta-feira de Cinzas e Sexta-feira Santa da Paixão do Senhor: são os dois dias do ano em que a Igreja define jejum e abstinência obrigatórios”. Se você ler o que é a definição de abstinência, descrita no post, você vai entender que o queremos dizer é justamente o que você comentou. E quanto à vitaminas, nós checamos e corrigimos, obrigada!
        Em relação às demais sextas-feiras do ano, o que você comentou está escrito nó tópico 4: “Demais sextas-feiras do ano, EXCETO se forem Solenidades: abstinência obrigatória, mas não é obrigatório o jejum”.

        Deus te abençoe e obrigada!

    2. Olá, Shirley, tudo bem? Quanto ao jejum que você descreveu é possível sim! Inclusive recomendamos que você coma mais vezes durante o dia. À noite você pode fazer uma refeição completa, só lembrando de resguardar a abstinência de carne. Shalom!

    1. Olá, João! No primeiro dia, que é a Quarta-feira de cinzas e em todas as sextas-feiras até chegar a páscoa, encerrando na Sexta-feira da Paixão.

  2. Então esclarecendo; Devemnos nos abster de carne desde ontem 4° feira de Cinzas até a Páscoa é isso não é? Caso eu escolha outro jejum e faça o de carne apenas na sexta também é válido não é isso?

    1. Olá, Letícia, nos outros dias da semana pode-se comer carne normal. Somente na quarta-feira de cinzas, sexta-feira Santa e nas sexts da Quaresma se pede abstinência de carne.

      Shalom!