Formação

Novas Tecnologias, Novas Relações

comshalom

Dom Orani João Tempesta

Nestedomingo, dia 24 de maio, comemoramos o 43º Dia Mundial das ComunicaçõesSociais. Isso foi indicado pelo decreto “Inter Mirifica” do ConcílioVaticano II, um dos dois primeiros documentos conciliares a seremaprovados e promulgados. Foi o único dia criado pelo Concílio.

Asimplicidade desse documento sobre as comunicações facilitou oposterior desenvolvimento e aprofundamento dessa questão no âmbito daIgreja. Ele abriu caminho para um novo tempo na compreensão desse temano âmbito eclesial. O fato de ter sido o primeiro decretoaprovado pelo Concílio é um sinal eloquente sobre a importância que otema já exercia na sociedade como, aliás, o comprovamos hoje.

Aquino Brasil houve um tempo em que, por decisão da Assembléia dos Bisposdo Brasil, esse dia era celebrado a 5 de maio, Dia Nacional dasComunicações. Como, porém, não teve a repercussão desejada, a mesmaCNBB em uma outra Assembléia resolveu retornar às comemorações no diaapontado mundialmente. O dia escolhido é o sétimo domingo do TempoPascal, que no Brasil coincide com a celebração solene da Ascensão doSenhor.

Emboracoincida com uma solenidade, celebrar nesse dia as comunicações sociaisé fácil, pois a liturgia nos lembra a necessidade de irmos pelo mundoafora anunciando o Evangelho a toda criatura. Ao recordar a nossamissão permanente é claro que contemplamos que ela também deva sedesenvolver, sabendo utilizar-se dos modernos meios de comunicação.

Éclaro que esse dia mundial não é apenas para pensar utilitariamente nosmeios de comunicação, mas também para refletir sobre a comunicação comoum processo importante da vida humana e que influencia cada vez mais asociedade.

Apartir da solicitação conciliar e da promulgação desse decreto, paracomemorar essa data, todos os anos o Papa escreve uma mensagem, na qualsempre aprofunda um dos aspectos de nossa comunicação.

Nesteano o tema é “Novas tecnologias, novas relações. Promover uma culturade respeito, de diálogo, de amizade”. O Papa Bento XVI recordajustamente essa discussão aos que ele chama de “geração digital”. Aconstatação é óbvia: com as novas tecnologias hoje existentes o tipo derelacionamento entre as pessoas está modificado. E a pergunta que sefaz diante dessa constatação é como se pode hoje promover uma culturade respeito, diálogo e amizade dentro dessa nova realidade?

Recordao Papa: “a facilidade de acesso a celulares e computadores juntamentecom o alcance global e a onipresença da internet criaram umamultiplicidade de vias por meios das quais é possível enviar,instantaneamente, palavras e imagens aos cantos mais distantes domundo: trata-se claramente de uma possibilidade impensável para asgerações anteriores”. E o Papa irá contemplar todos esses aspectos dainterligação rápida e ver a importância da amizade, respeito e diálogoprincipalmente com relação à juventude, que tem mais facilidade nessemundo de “redes”: “estas redes podem facilitar formas de cooperaçãoentre povos de diversos contextos geográficos e culturais,permitindo-lhes aprofundar a comum humanidade e o sentido decorresponsabilidade pelo bem de todos”.

Estedocumento, apela aos jovens e é veemente: “senti-vos comprometidos aintroduzir na cultura desse novo ambiente comunicador e informativo osvalores sobre os quais se apóia a vossa vida”, e a “vós, jovens,compete de modo particular a tarefa da evangelização deste ‘continentedigital’, sabendo assumir com entusiasmo o anúncio do Evangelho aosjovens de vossa idade”.

Aproveitoo ensejo para cumprimentar a todos os que no Brasil trabalham em nossascomunidades na Pastoral da Comunicação e também a todos oscomunicadores dos diversos e inúmeros veículos de comunicação que fazemdisso a sua faina diária.

Sabedoresda importância dessa área, o nosso desejo é que saibam valorizar-secada vez mais, fazendo uma comunicação que dignifique o ser e a vidahumana, propondo, através desse trabalho, um mundo mais justo e humanoonde a paz aconteça! É muito importante a área comunicacional hoje, e,com isso, cresce mais ainda a nossa responsabilidade em construir e nãodestruir as pessoas e o mundo. É neste âmbito que se joga o futuro denosso planeta, por isso a importância de um dia como esse pararefletirmos sobre os passos já dados e sobre os rumos a tomar para ofuturo de nossas vidas.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *