Formação

O Cura e o ano sacerdotal

comshalom

Dom Aloísio Sinésio Bohn

No dia 08 de maio de 1786 nasceu em Dardilly, perto de Lyon(França), o menino João Maria Vianney. Seus pais – Mateus e Maria Beluze -educaram o filho na fé cristã. Quando fez 11 anos, sua família foi visitadaclandestinamente por um sacerdote (Padre Groboz) e ali mesmo, em casa, fez aprimeira experiência de confissão auricular. A primeira comunhão, João,apelidado de “gordinho”, fez dois anos depois, também às escondidas, por causada Revolução Francesa.

O gordinho era muito piedoso, mas tinha dificuldade noestudo. Outra dificuldade encontrou no exército napoleônico, em marcha para aEspanha: não acertava o passo com seu batalhão!

O jovem entrou no seminário, muito desejoso de ser padre.Conta-se que os professores queriam impedir o acesso às ordens sagradas, mas umdeles falou ao vigário geral: “É uma lástima, porque é um modelo de piedade”.Este interveio: “É um modelo de piedade? Então eu o promovo e a graça de Deusfará o resto!” Foi ordenado padre e, em 1818, aos 32 anos, foi enviado para Arsuma pequena paróquia rural, onde o santo cura permaneceu até a morte, aos 04 deagosto de 1859, com 73 anos de idade.

O Cura d’Ars foi um exímio confessor e diretor espiritual.Chegava a permanecer 18 horas por dia no confessionário. Rapidamente sua famase espalhou pela França e países vizinhos e Ars tornou-se um centro deperegrinação.

Outra virtude do Cura d’Ars foi sua imensa bondade egenerosidade. Usava uma desbotada batina. Um pobre vestia um par de calçasmuito ruins. O santo trocou sua calça pela do mendigo. Às vezes doava também asmeias e os sapatos.

Para os órfãos criou a “Providencia”, um orfanato, cujadireção coube a Catarina Lassagne.

Para comemorar os 150 anos do falecimento de São João MariaVianney, o papa Bento XVI proclamou um especial “Ano Sacerdotal”. Ele mesmoabre o ano especial em Roma, dia 19 de junho, na festa do Sagrado Coração deJesus. O Papa proclama o Cura d’Ars como padroeiro de todos sacerdotes. Oencerramento será dia 19 de junho de 2010, na Praça São Pedro, em Roma, napresença de milhares de presbíteros do mundo inteiro.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *