Sem Categoria

O Homem-Aranha e a emocionante súplica de uma criança a Deus

Na semana passada, uma professora da escola primária em Guayaquil, Equador, encontrou um boneco do Homem-Aranha em cima do altar da capela do colégio onde ela trabalha, que tinha embaixo do braço um pedido comovente escrito por um menino que rapidamente se tornou viral.

comshalom

Na semana passada, uma professora da escola primária em Guayaquil, Equador, encontrou um boneco do Homem-Aranha em cima do altar da capela do colégio onde ela trabalha, que tinha embaixo do braço um pedido comovente escrito por um menino que rapidamente se tornou viral.

“Deusinho, te entrego o meu Homem-Aranha, mas cura o meu avô do câncer”, diz o bilhete encontrado na quarta-feira, 25 de outubro, pela professora de religião Sol Yturralde, que tirou uma foto do boneco e compartilhou nas redes sociais.

“Toda quarta e sexta-feira, temos Missa no colégio. Um dia entrei na capela para deixar tudo pronto para o sacerdote. Ao entrar, vi este Homem-Aranha no altar. A minha primeira reação foi dizer: ‘Essas crianças!’. Eu me aproximei e debaixo do braço tinha um papelzinho. Eu li, me comovi tanto que cheguei a chorar”, disse a professora em 2 de novembro em declarações ao Grupo ACI.

Sol assegurou que nunca imaginou que esta foto se tornaria viral. Quando começou a ler os milhares de comentários das redes sociais, ficou surpreendida ao ver quantas pessoas se comoveram com a nobreza deste menino.

“Fiquei surpreendida de ver como o Senhor pode agir através das crianças”, destacou.

Yturralde também comentou que nunca deixa de surpreender-se com a “capacidade de sacrificar-se, de entregar-se pelo outro, de entregar um tesouro por amor ao próximo”, assim como “a simplicidade do amor das crianças”.

“Quantas vezes imploramos a Deus por muitas coisas e não estamos dispostos a oferecer nada! Quando há um ato como este, vê-se a capacidade de renunciar a si mesmo, inclusive renunciar aquilo que uma pessoa mais gosta, por amor ao outro”, concluiu a professora.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *