Formação

O mundo, uma grande família

comshalom

Dom Orlando Brandes

Os povos do mundo constituem uma grande família universal, umacomunidade internacional, cujo fundamento é a igual dignidade de todoser humano, criado à imagem e semelhança de Deus, que em seu mistériotrinitário é família constituída pelas pessoas divinas.

Na revelação cristã, Deus é Pai e todos somos irmãos. O projeto deDeus é que o mundo seja um mundo de irmãos, uma família, da qual Ele éSenhor e Rei. A lei natural inscrita nos corações é comum a todos ospovos e culturas. Esta lei moral é a mesma para todas as pessoas e asirmana numa família, sob a luz dos direitos humanos. A lei naturalfacilita o diálogo das culturas, religiões e povos num espírito defamília.

O que faz uma família ser família é a relação, a comunicação, acomunhão entre as pessoas. O mundo, as nações e os povos, pela suainterdependência, sua relação internacional, sua comum reciprocidade ecomplementaridade, são uma fraternidade universal, uma grande família.A pessoa humana goza da mesma dignidade em todos os povos da terra.Somos irmãos em dignidade, em direitos, em igualdade.

A terra é casa de todos. Vivemos numa casa comum e a natureza humanatem as mesmas características nas diferentes culturas. O outro não é uminimigo, um ameaça, um perigo, é um irmão. Somos irmãos porque somoshumanos, temos uma comum inteligência, consciência e capacidadesnaturais inerentes à natureza humana. Somos uma grande família nasolidariedade.

Valores comuns nos irmanam: a vida, a liberdade, a verdade, o bem, ajustiça. São comuns as aspirações, as esperanças, as necessidades.Somos uma aliança de pessoas, uma intercomunhão e intercomunicação depovos, uma família.

Somos uma comunidade internacional com interdependência mundial, nabusca do bem comum, na construção da nossa casa comum da sociedade comofamília. Deus é o Senhor de todos os povos através de seu povo Israel.Jesus, com seu sangue, derruba a inimizade entre os povos e todos somosum em Cristo. Somos irmãos e consangüíneos no sangue de Cristo. Elequer a comunhão e a unidade de todos.

Buscar objetivos comuns, realizar o bem comum, estreitar as relaçõesentre os povos, são elementos fundamentais para a construção dacomunidade internacional, nossa família maior, onde exista confiançarecíproca, apoio e o respeito mútuo.

O convívio humano é possível a partir da dignidade natural de todosos seres humanos que formam o gênero humano e realizam o bem comumuniversal. O bem comum de uma nação é inseparável do bem da famíliahumana inteira.

O direito natural é fonte dos princípios universais e dos direitoshumanos, cujo fundamento é a lei natural perante o qual todos somosiguais em dignidade, somos seres sociais em relação e comunicação,tendo em vista a prevenção da vida, a capacidade de amar. Ninguémsobrevive isolado, mas, pelo contrario, há no ser humano uma aberturanatural para o outro, a alteridade, a integração, a inclusão, acomunhão, a colaboração. Não vivemos uns ao lado dos outros, mas unscom os outros e para os outros. O egoísmo, isolamento, solidão éanomalia. Ser irmão, ser fraterno, na convivência social é umpressuposto natural e uma vocação de toda a humanidade. Possuímos umatendência inata para sermos comunidade e família em nível mundial. Omundo deve e pode ser diferente.

Na medida em que vivermos como irmãos, co-habitarão conosco a paz, ahonestidade, a justiça e a verdade. Juntos, como irmãos, cuidaremos denossa casa comum, a terra e preservaremos a vida.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *