Parresia

O que fazer para sair do vazio existencial?

Quando abraçamos a missão que temos nesse mundo, quando nos doamos a ela e assim encontramos o sentido de vida, a consequência é a felicidade e a realização do prazer caminhando para o sentido de vida.

O prazer é uma sensação agradável ligada à satisfação de uma vontade, uma necessidade do exercício harmonioso das atividades. Sempre que nós estamos com as nossas vontades satisfeitas ou com as nossas necessidades (sejam elas básicas ou não) nós experimentamos uma sensação agradável que se chama prazer. O prazer é uma emoção humana. Já a idolatria significa adoração, uma adoração aos ídolos. Uma dedicação excessiva a coisas, a pessoas, a circunstâncias.

O Instituto Parresia lançou mais um podcast nas plataformas digitais com Daniele Cajazeiras, consagrada da Comunidade de Aliança sobre o tema “a idolatria do prazer é, traz ou falseia a felicidade?”.  Daniele nos faz refletir sobre como vemos e vivemos o prazer em nossa vida, qual sentido damos a ele e nos fazer compreender que o “prazer pelo prazer” não nos traz sentido e felicidade de vida algum.

Quando abraçamos a missão que temos nesse mundo, quando nos doamos a ela e assim encontramos o sentido de vida, a consequência é a felicidade e a realização do prazer caminhando para o sentido de vida. Porém, quando o homem não enxerga mais sentido na sua vida ele fica inquieto, incomodado e começa a olhar para “outros lugares” e não para o verdadeiro sentido. Com isso, ele começa a olhar para si, para a busca do seu próprio prazer, da sua própria felicidade e da sua auto realização. Passa a se relacionar com as outras pessoas buscando a si mesmo.

O que fazer para sair dessa situação de vazio existencial?

  • É preciso encontrar sentido de vida. Ajudar as pessoas e a nós mesmos a sairmos de nós. Temos que ajudar o próximo a não buscar o “prazer pelo prazer”.
  • Buscar um sentido para o prazer. Quando saímos da idolatria do prazer nós encontramos o verdadeiro sentido de vida.
  • Quando se quer ter o “prazer pelo prazer” se entra no estado de vazio existencial. Se não encontrarmos um verdadeiro sentido de vida, com objetivos claros e focarmos neles, nós nunca seremos verdadeiramente felizes e realizados, em nenhum momento de nossa vida.
  • A idolatria do prazer gera em nós um vazio existencial em nossa vida enquanto a busca de sentido de vida gera uma situação de prazer e felicidade em nossa vida. Uma autorrealização em nossa vida.
  • A busca de prazer e a busca de sentido podem caminhar juntas desde que eu busque sentido e que eu encontre como consequência o prazer, a felicidade e autorrealização.
Mais informações
Inscreva-se na nossa Newsletter
Siga o perfil no Instagram

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *