Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Se levar ao pé da letra o q me diz da oração do Pai Nosso??? Não é pra repetir conforme Jesus mesmo nos ensinou????

    1. Sou Católico. Mas as analogias acima neste texto, no meu ponto de vista está bem fora da realidade, comparar repetição, com os dias e noite, estação do ano, rotação da terra, eu participo das missas, porém não me sento bem em rezar o rosário ou terço, mas isto é particular meu, eu prefiro ler as passagem bíblicas e meditar, do que ficar repetindo o rosário, acredito quando Jesus disse “Eu sou a verdade e o caminho, ninguém vem ao pai se não por mim, outra coisa eu acredito nas ações dos bons homens e mulheres que tomado do Espírito Santo, seguiram a Cristo e a Deus se sacrificando para servir e ajudar o próximo, onde muitos morreram como mártires, o exemplos deles devem ser seguidos, mas sabendo que foram pessoas santas na sua época, Mas eu em particular, e falo eu em particular, não adoro Santos, não fico me postando frente a imagens, mas não condeno quem a faz, tenho medo de um dia encontrar com Jesus, e Ele me falar ” eu disse que Sou a Verdade, o caminho é luz. Então pq se prostou diante de imagens, ou pediu a homens bons que passaram por este mundo, que intercedesce por vóz, pq não pediu direto a Mim, Eu não deixei gravado nas escrituras. Então sendo assim eu, digo eu tenho a preferência de orar direto e ajoelhar-me e pedir direto ao nosso Senhor Jesus Cristo, e sei que os Santos de Deus já mais vão se opor a isto,

      1. Olá, Valdecir. Estou chegando agora… Gostei do artigo. Também não sou de recitações e converso muito com Deus, o dia todo. No entanto, eu também leio a Bíblia, também canto, também me ajoelho, também vou a missa, também me confesso… e sei que também posso recitar versos bíblicos. Embora eu não tenha costume de recitar o terço, devo assumir que repetir várias Ave-marias nos exige sacrifício, renúncia, concentração, disposição e entrega. É um gesto humilde pra quem assume suas misérias. É como um “mantra” que vai gerando benefícios para o corpo e para o cérebro. Pesquise sobre isso. Agora, vale lembrar a todos que o terço não é uma oração, é uma recitação de trechos bíblicos e que pode ser recitado como forma de meditação e contemplação. E não substitui nossos diálogos com Deus. No entanto, a ciência já comprova os benefícios para o corpo que o ato de recitar o terço nos oferece.