Shalom

“O verdadeiro milagre é a misericórdia de Deus” é tema central de pregação no Renascer 2018

comshalom

 

Segundo dia de Renascer conta com momentos de animação, louvor, oração, adoração, Seminário de Vida no Espírito Santo, formação e santa missa

O milagre da misericórdia de Deus foi o tema central da primeira pregação no Renascer 2018 em Sobral neste domingo, 11. O evento teve início no sábado, 10, com missa da misericórdia, e segue até a terça-feira, 13 no Colégio José da Mata (Av. Dr. Arimatéia Monte e Silva – Junco). A programação gratuita tem início às 8h e conta com momentos de animação, louvor, oração, adoração ao Santíssimo Sacramento, Seminário de Vida no Espírito Santo, formação e santa missa. O tema geral do Renascer 2018 é “Para Deus nada é impossível”.

“Na sua vida, qual o milagre fundamental? A misericórdia é o grande milagre de Deus”, destaca o missionário da Comunidade de Aliança Shalom, Erick Buarque, que conduziu o momento de pregação na primeira manhã do Renascer. Ele lembra que o perdão é capaz de regenerar o homem e fazê-lo renascer. “É a misericórdia de Deus que nos transforma e nos renova. A única coisa capaz de transformar nossas vidas de dentro para fora é o perdão, a misericórdia”, destaca. Erick disse ainda que todos os que estão no Renascer são chamados a uma experiência com esse amor. “Qualquer que seja a nossa situação, vamos ter um encontro com Deus que se faz encontrar na eucaristia, na oração. Quem vive no tempo somos nós. Deus não vive no tempo; Ele vive na eternidade. Significa que para Deus só existe hoje, aqui e agora. Deus não se importa com os nossos erros, mas estará sempre conosco no hoje, no aqui e no agora”, completa.

Erick ressalta que Deus criou o homem como sua obra-prima, submetendo-lhe tudo e tornando-o capaz de amar. Deus diante dos nossos erros é rico em misericórdia e lento para a ira. O milagre que Deus quer realizar neste Renascer começa em um encontro com Deus. “A vida cristã não tem início em uma decisão, mas em um encontro com uma Pessoa. E este é o milagre que Deus quer nos dar neste Renascer”, destaca. O missionário lembra que Maria Madalena começou sua vida em Deus a partir de um encontro com Jesus no momento em que ia ser apedrejada. Mateus conheceu Jesus quando estava na coletoria de impostos. O cego Bartimeu estava na beira da estrada e grita por Jesus e sua primeira visão foi olhar para o Senhor. Zaqueu encontra-se com o Senhor e restitui tudo o que roubou. A samaritana no poço de Jacó tem a experiência com a água viva que Jesus traz. São Paulo conheceu o Cristo caindo do cavalo. Madre Teresa teve um encontro com Jesus no pobre. O missionário lembra que seu encontro com Jesus foi em um dia de grupo de oração no Shalom aos 19 anos. “A partir daquele momento com várias quedas pelo caminho, fui descobrindo que o amor de Deus é inseparável. Nada pode me separar do amor de Deus”.

Deus tem esperança acerca de nossas vidas. “Mesmo que a alma esteja em decomposição, Deus não vê dessa maneira. O milagre da misericórdia de Deus é muito grande”, define Erick citando as aparições de Jesus à Santa Faustina, a apóstola da misericórdia. Os vícios, o ódio no coração, a indiferença, o desamor, a falta de fé, a corrupção, egoísmo podem colocar a alma em estado de decomposição, mas é preciso confiar-se ao Senhor. “A conversão para o pecador e a perseverança para o justo é uma graça da minha misericórdia”, diz o Senhor à santa. Nenhuma alma que se confiou à misericórdia de Deus foi decepcionada. “Tenho predileção pela alma que confiou na minha bondade”, diz Jesus à Santa Faustina. Quando pecamos, “a vingança de Deus é a sua misericórdia”. Por isso, podemos nos aproximar com confiança Dele.

Nada é impossível

A frase “Para Deus nada é impossível”, tema do Renascer 2018, é narrada na Bíblia durante a anunciação do anjo Gabriel à Virgem Maria (Lc 1, 35ss), ao anunciar que, além de ser mãe do Salvador, Isabel já idosa também teria um filho. “Deus se fez carne no seio de Maria. E como se fosse necessário confirmar o milagre, o anjo conta um outro prodígio do Senhor”, destaca Erick.

O prodígio na vida de Isabel confirma o milagre na vida de Maria porque para Deus nada é impossível. A graã de tornar fértiluma mulher estéril já havia acontecido antes na história do povo de Deus: com Abraão e Sara (Gn 18, 9s). “Achamos que tornar um casal estéril fecundo é um grande milagre, mas este ainda não é o verdadeiro milagre, mas aqueles operados por Jesus durante sua vida”.

Erick cita a cura de um paralítico em Lc 5, 17ss. Jesus operava milagres e prodígios. Quatro amigos levaram um paralítico até o lugar onde o Senhor estava e Ele perdou seus pecados e o curou. Por trás de todo milagre circunstancial, existe o milagre existencial, destaca. “Ter um filho é a garantia de uma vida plena? Um paralítico andar é garantia de uma vida plena? Isto não basta, existe um milagre muito maior”. Ao paralítico, antes de curá-lo, Jesus lhe perdoa os pecados. Por trás do milagre de Abraão e Sara, “Deus ia formar um povo para si”. Ao anunciar que Maria seria a mãe do Salvador, o verdadeiro milagre é mostrar que “Deus se faz homem e se submete às fraquezas dos homens, Deus se faz pão e alimento”. “Qual o verdadeiro milagre de Deus na nossa vida e qual o milagre nestes dias de Renascer que Deus vai realizar nas nossas vidas?”, questiona.

Teresa Fernandes


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *