Mundo

Os seminaristas barrados no bar

Grupo de padres e seminaristas vai comemorar ordenação de um colega num bar. Mas um imprevisto acontece…

Não há nada como ir a um barzinho de sua cidade para relaxar, conversar com amigos ou, no caso destes sete seminaristas, brindar a ordenação do colega, o Padre. Peter McLaren.

No The City Arms, que é o bar favorito da cidade de Cardiff, no País de Gales, o Arcebispo George Stack e os estudantes religiosos ficaram surpresos com a recepção que tiveram, ainda mais quando foram convidados a se retirar do local.

Os atendentes do bar pensaram que os seminaristas – todos vestidos com suas roupas clericais – estivessem fantasiados e fizessem parte de uma festa de despedida de solteiro.

“O porteiro disse algo mais ou menos assim: ‘Desculpe, meus fiéis, temos uma política de não permitir nenhum vestido extravagante e nenhuma despedida de solteiro’”, explicou o Pe. Michael Doyle, que conhece o grupo de homens. “Felizmente, quando os estudantes se viraram para sair, o gerente do bar veio até eles e disse: ‘Vocês são seminaristas de verdade, não são?’”, disse o padre Doyle. Para o deleite do grupo, eles foram convidados  a entrar de volta e ganharam uma rodada de bebidas como cortesia.

Mas a história não termina aqui. Enquanto os homens entravam de volta no estabelecimento, o bar inteiro os recebeu com uma salva de palmas. Os frequentadores ficaram fascinados pelo grupo e começaram a fazer muitas perguntas. Os homens ficaram toda a tarde conversando com os eles, que deixaram o pub sentindo-se “encorajados pela reação positiva da comunidade local”.

A assessoria da Arquidiocese de Cardiff enviou o seguinte comunicado ao bar:

“Gostaríamos de agradecer ao City Arms por ter permitido a comemoração e pela gentileza para com nossos seminaristas. Anotem o número de nossos clérigos, incluindo o do Arcebispo de Cardiff, frequentador assíduo do bar, e não barrem mais nenhum deles, por favor!”

Cheers para eles!

Fonte: Aleteia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ridículo, que vergonha, tristeza, que grande ofensa ao Nosso Senhor bom Deus ver os ungidos, escolhidos por Deus se comportarem de tal forma… Nossa Igreja não merece passar por isso, padres tao mundanos, eles querem se assemelhar mais ao mundo que a Deus. Festejar num bar?! Não é cultura, é fraqueza humana sendo exposta e infelizmente apoiada por homens que deveriam se envergonhar de não darem testemunho de conversão.

    Mas não entendi como a comunidade quis postar isso logo no dia do padre, qual o posicionamento de vocês, apoiam isso? Espero que tenham se indignado tanto quanto.

    Rezemos para que Deus suscite por mais padres que busquem fazer a vontade de Deus, que aspire viver a santidade, a renuncia, e não viver de fama, sucesso, futilidades, é realmente lamentável.