Formação

Os Símbolos Litúrgicos

comshalom

1.  O QUE É SÍMBOLO?

Se pensa que o simbólico geralmente é algo irreal. Símbolo é o encontro de duas realidades numa só, símbolo é a presença da mesma realidade em outra forma. O bolo de aniversário representa festa, a aliança significa amor e fidelidade. Símbolo pode ser um objeto, um elemento capaz de expressar de alguma maneira uma realidade que está presente, que a gente não pode expressar totalmente, mas que é mais do que a gente pode exprimir por palavras. Símbolo é um objeto, um gesto, um elemento, um movimento, uma expressão corporal, onde o que vale não é mais aquilo que em si , mas o que exprime, o que significa.

Exemplo: Um rapaz que leve uma rosa a sua noiva o que importa não é o valor da rosa em si , mas o que significa: a rosa define o mistério profundo do amor que existe.
O SíMBOLO É A LINGUAGEM DO MISTÉRIO.


2.  OS SÍMBOLOS NA LITURGIA.

As realidades que Deus nos quer revelar e comunicar na Liturgia , que são profundas e inefáveis, na qual o homem não consegue exprimir, são expressas liturgicamente nos sinais sagrados e símbolos. Muito mais que os conceitos, a Liturgia se interessa mais pelas realidades que expressa.
A Liturgia é um acontecer de realidades sagradas e ocultas em forma terrena. É preciso transformar em ação vivencial aquela ação mediante a qual o homem que tem fé compreende, acolhe e realiza os sinais da graça invisível.

É o homem todo que celebra o culto. Não só alma e inteligência, mas todo o seu
corpo deve entrar em comunicação com Deus. O corpo humano é o maior símbolo da linguagem religiosa. Assim também, não só a comunicação pela linguagem falada, mas por sinais que signifiquem e comuniquem a graça estabelecida por Deus: a santificação do homem.

"Que o Deus da paz em pessoa vos santifique totalmente, e que vosso espírito, alma e corpo, sejam perfeitamente … irrepreensíveis por ocasião da vinda de Nosso Senhor. Aquele que vos chama é fiel: é Ele ainda quem agirá" (1 Ts 5, 23-24) .


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *