Institucional

Paixão de Cristo atrai público recorde ao Aterro

comshalom

IMG_3478Programação gratuita contou com missa e dois espetáculos com 100 artistas em cena

O espetáculo “A Paixão de Cristo” atraiu ao Aterro da Praia de Iracema um público recorde em relação ao ano passado. Segundo a organização do evento, passaram pelo Aterro entre 7 e 8 mil pessoas. A programação gratuita se iniciou com missa no último sábado, 28. A peça de teatro trouxe ao palco 100 artistas, incluindo atores, bailarinos e cantoresA produção é da Comunidade Católica Shalom.

“A Paixão de Cristo” foi encenada em Fortaleza pelo quarto ano consecutivo. Foi a primeira vez que o espetáculo foi levado para a praia. Nos anos anteriores, foi realizado no Ginásio Paulo Sarasate. A superprodução recria uma das mais belas histórias na qual misturam-se amor humano e divino.

Estiveram presentes 25 atores principais e um total de 100 artistas no elenco, incluindo os dançarinos. O espetáculo passou por adaptações em relação ao ano passado. Uma das novidades é que, além dos atores, subiram ao palco as cantoras da Comunidade Shalom, Suely Façanha e Ana Gabriela.IMG_3842

Durante a missa de Ramos, o padre Antonio Furtado refletiu sobre a importância de o cristão bem viver a Semana Santa. “Esta semana para nós é santa. Precisamos viver o mistério de paixão, morte e Ressurreição do Senhor”, disse. O espetáculo “Canto das Írias” refletiu sobre os efeitos que o pecado e a separação de Deus trazem ao coração do homem.

IMG_4170O ator Ildo Mota interpreta Jesus no espetáculo. Ele conta que este é o personagem mais significativo de seus 20 anos de carreira. “Eu tenho aprendido a silenciar mais as coisas. Jesus tem me desacelerado muito e me ensinado a serenidade com a sua mensagem.”

Allan Patrick, um dos organizadores do evento, ressaltou que a decisão de levar o espetáculo para o Aterro da Praia de Iracema é para que mais pessoas possam ter acesso à história. Segundo a diretora do espetáculo, Milza Gama, o espetáculo é uma superprodução para evangelização.

A dona de casa Fátima Leite, 45 assistiu ao espetáculo pela primeira vez neste ano. Ela foi com a família. “O espetáculo foi um encontro de reflexão. Boa reflexão sobre Deus que nos deixa melhores”, definiu. Ela elogiou a organização do evento e ressaltou que Fortaleza precisa de mais espetáculos como “A Paixão de Cristo”.IMG_4227

O frentista David Freitas, 26, já participou de outras edições do espetáculo, mas a cada ano se surpreende. “É um espetáculo que nos levar a refletir sobre a Páscoa”, conta. De acordo com ele, foi muito bom a peça ter ido para a praia de Iracema. “As pessoas ficam mais à vontade na praia”, disse.

Imprensa Terezinha Fernandes 

Fotos: Wallace Freitas/Divulgação


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *